???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/6978
Tipo do documento: Dissertação
Título: Perfil clínico de recém-nascidos em uma unidade de terapia intensiva neonatal no Amazonas, norte do Brasil : estudo observacional, retrospectivo
Autor: Veras, Denilson da Silva 
Primeiro orientador: Gonçalves, Roberta Lins
Primeiro membro da banca: Andrade, Edson de Oliveira
Segundo membro da banca: Byk, Jonas
Terceiro membro da banca: Cardoso, Maria do Socorro de Lucena
Resumo: Introdução: O Brasil é o decimo país do mundo com a maior taxa de nascimentos prematuros no mundo, sendo a região norte brasileira a que apresenta o maior percentual de óbitos nessa população. Contudo, poucos estudos epidemiológicos existem sobre o perfil clínico dos recém nascidos (RNs) no norte do Brasil. Objetivo: Caracterizar o perfil clínico de RNs de uma unidade de terapia intensiva neonatal (UTIN) de alta complexidade de uma maternidade de referência para gestação de risco do estado do Amazonas. Método: Estudo de base populacional, retrospectivo, aprovado pelo Comitê de ética em pesquisa (CAAE: 82751217.3.0000.5613, parecer: 2.556.757). A população do estudo foi formada pelos RNs internados na UTIN estudadano período de 2014 a 2016. Para a análise dos dados quantitativos, quando aceitou-se a hipótese de normalidade por meio do teste de ShapiroWilk, foi calculada a média e o desvio-padrão (DP). O nível de significância fixado foi de 5%. Resultados: Foram incluídos os prontuários de 550 RNs, sendo a maioria do sexo masculino, com baixo peso ao nascimento, idade gestacional < 37 semanas e Apgar de 8 e 10 no 1° e 5° minutos, respectivamente. A síndrome do desconforto respiratório neonatal foi à doença respiratória com maior percentual de internação, seguida por Pneumonia e Sepse precoce. Ao se correlacionar as variáveis maternas e neonatais com o desfecho óbito, observou-se maior frequência de mortalidade nos RNs com menos de 6 consultas pré-natais (p= 0,030), muito baixo peso, extremo baixo peso e Apgar<7 no 1° e 5° minuto (p<0,05). Conclusão: Os RNs internados na UTIN de alta complexidade na região norte do país foram, na sua maioria do sexo masculino, com baixo peso ao nascimento e prematuros. Observou-se maior frequência de mortalidade nos RNs com menos de 6 consultas pré-natal, muito baixo peso e Apgar<7 no primeiro e quinto minuto.
Abstract: Introduction: Brazil is the 10th country in the world with the highest rate of preterm birth in the world, and the northern region of Brazil has the highest percentage of deaths in this population. However, few epidemiological studies exist on the clinical profile of newborns (NBs) born in the north of Brazil.Objectives: Characterize the clinical profile of NBs in a Neonatal Intensive Care Unit (NICU) of high complexity, in a reference maternity hospital to risk pregnancy in Manaus/Amazonas. Methods: It was an observational, cross-sectional, descriptive, analytical, retrospective study involving NBs hospitalized between the periods of 2014 to 2016 in a NICU of high complexity in a Public Maternity of reference to high-risk pregnancy of the city of Manaus – Amazonas. The study followed all the required criteria involving research with human beings, being approved by the Ethics Committee in Research (CAAE: 82751217.3.0000.5613, parecer: 2.556.757). To analyze the quantitative data, when accepted the hypothesis of normality through the Shapiro- Wilk test, the average and the standard deviation (SD) were calculated. The level of significance set in the statistical tests was of 5%. Results: Were included in the present study 550 NBs hospitalized in the NICU. The majority were male (53.2%), presenting low weight at birth (71.0%), with gestational age <37 weeks (74.9%) and Apgar 8 to 10 in the 1° and 5° minute. The neonatal respiratory distress syndrome was the respiratory disease with higher percentage of hospitalization with 64.9%, followed by Pneumonia (26.7%) and early Sepsis (6.6%). When correlating maternal and neonatal variables to death outcome, it was observed the highest mortality rate in NBs that had less than 6 prenatal appointments (p=0,030), very low birth weight and extremely low weight and Apgar <7 in the 1° and 5° minute (p<0.05). Conclusion: The NBs hospitalized in the NICU of high complexity in the north region of the country were, mostly male, having low weight at birth and premature. It was observed higher frequency of mortality in NBs with less than 6 prenatal appointments, very low weight and Apgar minor than 7 in the first and fifth minute.
Palavras-chave: Unidade de terapia intensiva neonatal
Perfil clínico de recém-nascido em UTI
Mortalidade infantil
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS DA SAÚDE
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Faculdade de Medicina
Programa: Programa de Pós-graduação em Ciências da Saúde
Citação: VERAS, Denilson da Silva. Perfil clínico de recém-nascidos em uma unidade de terapia intensiva neonatal no Amazonas, norte do Brasil : estudo observacional, retrospectivo. 2019. 33 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Faculdade de Medicina, Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2019.
Tipo de acesso: Acesso Embargado
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/6978
Data de defesa: 11-Feb-2019
Appears in Collections:Mestrado em Ciências da Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Reprodução Não Autorizada.pdf46,6 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons