???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7004
Tipo do documento: Dissertação
Título: Risco de disfagia, força muscular respiratória e tempo máximo de fonação em idosos com Doença de Parkinson em estágio inicial: estudo observacional
Título(s) alternativo(s): Risk of dysphagia, respiratory muscle strength and maximal phonation time in the elderly with Parkinson's disease at an early stage: an observational study
Risque de dysphagie, de force musculaire respiratoire et de temps de phonation maximal chez les personnes âgées atteintes de la maladie de Parkinson à un stade précoce: une étude observationnelle
Riesgo de disfagia, fuerza muscular respiratoria y tiempo máximo de fonación en ancianos con enfermedad de Parkinson en etapa inicial: estudio observacional
Autor: Freitas, Tatiana Wanessa Rocha de 
Primeiro orientador: Gonçalves, Roberta Lins
Primeiro membro da banca: Byk, Jonas
Segundo membro da banca: Cardoso, Maria do Socorro Lucena
Terceiro membro da banca: Crispim, Karla Geovanna Moraes
Resumo: Introdução: A doença de Parkinson (DP) é uma doença idiopática crônica do sistema nervoso central, que leva a perda neuronal progressiva no grupo de células ventrolaterais da parte compacta da substância negra do mesencéfalo, causando depleção do neurotransmissor dopamina. Em consequência, desenvolvem-se tremor de repouso, rigidez muscular e bradicinesia. Apesar da DP também causar sintomas não-motores, relacionados às principais causas de óbito nestes indivíduos, as pesquisas científicas abordam, principalmente, os sintomas neuromotores. Objetivo: analisar em idosos com doença de Parkinson em estágios iniciais o risco de disfagia, a força muscular respiratória (FMR) e o tempo máximo de fonação (TMF). Método: estudo observacional em idosos com DP em estágios iniciais (Hoen & Yahr modificado 0-3), cadastrados nos Centros de Atenção Integral a Melhor Idade – CAIMIS Dr. Paulo Lima e Dr. André Araújo - em Manaus, Amazonas, Brasil. Avaliamos o risco de disfagia com o questionário Eating Assessment Tool (EAT-10); a FMR pela manovacuometria e o comportamento vocal por meio do TMF das fricativas sustentadas /s/ e /z/ e de sua relação s/z. Foram apresentadas as frequências absolutas simples e relativas para os dados categóricos. Para os dados quantitativos, quando aceita a hipótese de normalidade por meio do teste de Shapiro-Wilk, foi calculada a média e o desvio-padrão. Quando rejeitada a hipótese de normalidade, calculou-se a mediana e o intervalo interquartil (IIQ). Na comparação das médias em relação às variáveis categóricas foi aplicado o teste t-student. Para a comparação das medianas foi aplicado o teste de Mann-Whitney. Na análise dos dados quantitativos foi calculado o Coeficiente de Correlação de Pearson e o teste t-student para verificar se o Coeficiente era diferente de zero. O software utilizado foi o Minitab® versão 17 para Windows®. O nível de significância adotado foi de 5%. Resultados: Nos idosos com DP em estágios iniciais houve maior risco de disfagia, menores FMR e TMF de /s/ e /z/, além da associação dos componentes fonatórios e respiratórios. A FMR piorou em 3 anos de seguimento, e na medida em que a PEmáx diminuiu, o risco de disfagia aumentou. Conclusão: Nos idosos com DP houve alteração das variáveis respiratórias, deglutitórias e fonatórias, mesmo no início da doença, demonstrando que a avaliação destas variáveis deve ser alvo propedêutico e, caso alteradas, terapêutico, não aguardando o surgimento de sintomas respiratórios, deglutitórios e/ou fonatórios.
Abstract: Introduction: Parkinson's disease (PD) is a chronic idiopathic disease of the central nervous system, which leads to progressive neuronal loss in the ventrolateral cell group of the compact part of the black matter of the midbrain, causing neurotransmitter dopamine depletion. As a result, tremor develops at rest, muscle stiffness and bradykinesia. Although PD also causes non-motor symptoms related to the main causes of death in these individuals, scientific research mainly addresses neuromotor symptoms. Objective: To analyze the risk of dysphagia, respiratory muscle strength (FMR) and maximal phonation time (MPT) in elderly patients with Parkinson's disease in the initial stages. Method: an observational study in the elderly with PD in the initial stages (Hoen & Yahr modified 0-3), enrolled in the Comprehensive Attention Centers of the Best Age - CAIMIS Dr. Paulo Lima and Dr. André Araújo - in Manaus, Amazonas, Brazil. We evaluated the risk of dysphagia with the Eating Assessment Tool (EAT-10) questionnaire; FMR by manovacuometry and vocal behavior by TMF (sustained fricatives / s / and / z / e of its s / z ratio). The absolute and relative absolute frequencies for the categorical data were presented. For the quantitative data, when the normality hypothesis was accepted using the Shapiro-Wilk test, the mean and the standard deviation were calculated. When the normality hypothesis was rejected, the median and the interquartile range (IIQ) were calculated. In the comparison of means in relation to categorical variables, the t-student test was applied. The Mann-Whitney test was used to compare the medians. In the analysis of the quantitative data the Pearson's Correlation Coefficient and the t-student test were calculated to verify if the Coefficient was nonzero. The software used was Minitab® version 17 for Windows®. The level of significance was 5%. Results: In the elderly with PD in the early stages there was a higher risk of dysphagia, lower FMR and association of respiratory and phonological components. FMR worsened within 3 years of follow-up, and as PEmáx decreased, the risk of dysphagia increased. Conclusion: In the elderly with PD, there was alteration of respiratory and phonatory variables, even at the beginning of the disease, demonstrating that the evaluation of these variables should be a propaedeutic and, if altered, therapeutic target, not awaiting respiratory, swallowing and / or phonatory symptoms.
Palavras-chave: Doença de Parkinson
Voz
Disfagia
Tempo máximo de fonação
Força muscular respiratória
Parkinson's disease
Maximum phonation time
Respiratory muscle strength
Dysphagia
Voice
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS DA SAÚDE: MEDICINA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Faculdade de Medicina
Programa: Programa de Pós-graduação em Ciências da Saúde
Citação: FREITAS, Tatiana Wanessa Rocha de. Risco de disfagia, força muscular respiratória e tempo máximo de fonação em idosos com Doença de Parkinson em estágio inicial: estudo observacional. 2019. 73 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2019.
Tipo de acesso: Acesso Embargado
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7004
Data de defesa: 28-Feb-2019
Appears in Collections:Mestrado em Ciências da Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Reprodução Não Autorizada.pdf46,6 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons