???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7070
Tipo do documento: Dissertação
Título: Relação entre condição socioeconômica, apoio social, fatores psicossociais, comportamentos relacionados à saúde bucal e condição periodontal em adolescentes: um estudo longitudinal
Autor: Gomes, Andréia Coelho 
Primeiro orientador: Pimentel, Adriana Corrêa de Queiroz
Primeiro coorientador: Herkrath, Ana Paula Corrêa de Queiroz
Primeiro membro da banca: Vettore, Mario Vianna
Segundo membro da banca: Silva, Andréa Neiva da Silva
Resumo: A saúde bucal dos indivíduos não é influenciada apenas por determinantes biológicos. O papel de outros fatores, como fatores ambientais, psicossocias e comportamentais no desenvolvimento de doenças e condições bucais vem sendo investigado. Este estudo tem como objetivo avaliar longitudinalmente a relação entre condição socioeconômica, apoio social, fatores psicossociais, frequência de escovação dentária, tabagismo e condição periodontal (gengivite e cálculo dentário) em adolescentes. Uma amostra de 359 adolescentes de escolas públicas situadas em uma zona urbana caracterizada por baixos indicadores sociais, em Manaus, Amazonas, foi avaliada em 12 meses utilizando um modelo teórico conceitual através de modelagem de equação estrutural com 2 variáveis latentes e 16 variáveis observadas. Foram avaliados a condição socioeconômica e o senso de coerência, utilizando-se o instrumento sense of coherence (SOC-13) e crenças em saúde bucal dos adolescentes e de seus pais na linha de base; o apoio social, por meio do questionário social support appraisals, a frequência de escovação dentária e tabagismo dos adolescentes aos seis meses; e a condição periodontal dos estudantes, após 12 meses. Para avaliar a condição periodontal, foram examinados aleatoriamente um quadrante superior e o quadrante inferior diagonal da arcada dentária de cada aluno. Foi registrada a presença de sangramento gengival do elemento dentário quando pelo menos um dos seis sítios examinados em cada dente apresentou sangramento. Para o cálculo dentário, foi registrada sua presença ou ausência por dente. A análise descritiva dos dados revelou que o sexo feminino representou 56,5% da amostra, 40,1% apresentou renda familiar mensal entre R$ 441,00 e R$880,00 e que 73% dos responsáveis tinham de 8 a 11 anos de estudo. A prevalência de sangramento gengival e cálculo dentário foi de 94,5% e 71,6% respectivamente. A maioria dos estudantes (91,9%) relatou que escovava os dentes três ou mais vezes ao dia e 5,3% deles já haviam fumado ou fumavam. A análise fatorial confirmatória do modelo de mensuração e a modelagem de equações estruturais confirmaram a adequação do modelo teórico proposto. Uma pior condição socioeconômica foi preditora direta de maior frequência de tabagismo. O tabagismo e a maior frequência de cálculo dentário foram preditores diretos para maior ocorrência de sangramento gengival. Crenças mais desfavoráveis em saúde bucal e senso de coerência fraco dos adolescentes foram indiretamente associados à maior frequência de sangramento gengival, via apoio social e tabagismo. Da mesma forma, crenças mais desfavoráveis e senso de coerência fraco dos responsáveis foi preditor indireto para maior sangramento, via tabagismo apenas. O cálculo dentário foi outra via possível no efeito indireto do senso de coerência dos responsáveis no sangramento gengival. Menor apoio social foi preditor indireto para maior frequência de sangramento gengival, via tabagismo. Os achados demonstraram que houve associação direta e inversa entre condição socioeconômica e o comportamento de fumar, mas não foi demonstrada a influência desse fator nos desfechos clínicos avaliados. Evidenciou-se o papel protetor do apoio social e fatores psicossociais – senso de coerência e crenças em saúde bucal – na saúde periodontal de adolescentes que vivem em condições de privação social.
Abstract: The oral health of individuals is not influenced only by biological determinants. The role of other factors such as environmental, psychosocial and behavioral factors in the development of diseases and oral conditions has been investigated. This study aims to longitudinally evaluate the relationship between socioeconomic condition, social support, psychosocial factors, frequency of dental brushing, smoking and periodontal condition (gingivitis and dental calculus) in adolescents. A sample of 359 adolescents from public schools located in an urban area characterized by low social indicators, in Manaus, Amazonas, Brazil, was evaluated in 12 months using a theoretical conceptual model through structural equation modeling with 2 latent variables and 16 observed variables. Socioeconomic status and sense of coherence were evaluated using the sense of coherence (SOC-13) and oral health beliefs of adolescents and their parents at baseline; the social support, through the social support appraisals questionnaire, the frequency of dental brushing and smoking among adolescents at six months; and the periodontal condition of the students, after 12 months. To evaluate the periodontal condition, an upper quadrant and the diagonal lower quadrant of the dental arch of each student were randomly examined. The presence of gingival bleeding of the dental element was recorded when at least one of the six sites examined in each tooth presented bleeding. For dental calculus, its presence or absence was recorded per tooth. The descriptive analysis of the data revealed that the female sex represented 56.5% of the sample, 40.1% presented monthly family income between R $ 441.00 and R $ 880.00 and that 73% of those in charge had 8 to 11 years of age. study. The prevalence of gingival bleeding and dental calculus was 94.5% and 71.6%, respectively. Most of the students (91.9%) reported that they were brushing their teeth three or more times a day and 5.3% of them had smoked or smoked. The confirmatory factorial analysis of the measurement model and the modeling of structural equations confirmed the adequacy of the proposed theoretical model. A worse socioeconomic condition was a direct predictor of a higher frequency of smoking. Smoking and the higher frequency of dental calculus were direct predictors for a higher occurrence of gingival bleeding. Most unfavorable beliefs in oral health and weak sense of coherence among adolescents were indirectly associated with a higher frequency of gingival bleeding, through social support and smoking. Likewise, more unfavorable beliefs and weak sense of coherence of those responsible was an indirect predictor for greater bleeding, via smoking alone. The dental calculus was another possible route in the indirect effect of the sense of coherence of those responsible for gingival bleeding. Less social support was an indirect predictor for a greater frequency of gingival bleeding, via smoking. The findings showed that there was a direct and inverse association between socioeconomic status and smoking behavior, but the influence of this factor on the clinical outcomes evaluated was not demonstrated. The protective role of social support and psychosocial factors - sense of coherence and oral health beliefs - in the periodontal health of adolescents living in conditions of social deprivation were evidenced.
Palavras-chave: Gengivite
Condição socioeconômica
Apoio social
Fatores psicossociais
Comportamentos relacionados à saúde
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS DA SAÚDE: ODONTOLOGIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Faculdade de Odontologia
Programa: Programa de Pós-graduação em Odontologia
Citação: GOMES, Andréia Coelho. Relação entre condição socioeconômica, apoio social, fatores psicossociais, comportamentos relacionados à saúde bucal e condição periodontal em adolescentes: um estudo longitudinal. 2019. 113 f. Dissertação (Mestrado em Odontologia) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2019.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7070
Data de defesa: 22-Feb-2019
Appears in Collections:Mestrado em Odontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação_AndréiaGomes_PPGO.pdf2,91 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.