???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7130
Tipo do documento: Dissertação
Título: Do imaginário ao material: a geograficidade nas profundezas da terra
Autor: Gomes, Alice Lucas de Souza 
Primeiro orientador: Nogueira, Ricardo Jose Batista
Primeiro membro da banca: Nogueira, Ricardo Jose Batista
Segundo membro da banca: Albuquerque, Adorea Rebello da Cunha
Terceiro membro da banca: Costa, Carlos Rubens de Souza
Resumo: A presente dissertação objetivou compreender o universo das práticas minerometalúrgicas e a atmosfera psíquica no qual estão imersos os trabalhadores do espaço telúrico — mineiros, ferreiros, e todos os demiurgos que lidam com a matéria terrestre — que criam a si próprios à medida que criam o mundo. A pesquisa se dá em caráter teórico e se fundamenta na obra de Gaston Bachelard, nas duas vias que esta ocupa, tanto nos ensaios poéticos, quanto na sua epistemologia, sobretudo, nos conceitos de imaginação criadora, provocação e matéria, apresentados ao longo dos ensaios bachelardianos, terminando por atribuir a esta pesquisa um caráter de revisão da relação sociedade-natureza, traduzida aqui pela bidimensionalidade “homem-universo” expressa no enfrentamento cotidiano entre o homem e a matéria, e consequentemente o acesso a novas frentes investigativas, para compreender o caráter existencial do trabalho para o homem. Para analisarmos esta conjuntura nos arriscamos pelo reino da imprudência que sugere Gaston Bachelard, na tentativa de compreender uma mentalidade presente em mitos e imagens arcaicas, mas que se apresentam no homem moderno mediante os cosmos dos quatro elementos: fogo, ar, água e em especial a terra, sendo este último, morada física e filosófica do homem.
Abstract: The present dissertation aimed to understand the universe of miningmetallurgical practice sand the psychic atmosphere in which telluric workers are immersed - miners, blacksmiths, and all demiurges who deal with terrestrial matter – creating themselves as they create the world. The research takes place theoretically and is based on the work of Gaston Bachelard, in the two routes that it occupies, both in the poetic essays, and in its epistemology, especially in the concepts of creative imagination, provocation and matter, presented throughout the essays Bachelardians, it ends up by assigning to this research a character of revision of the society-nature relation, translated here by the two-dimensional of "man-universe", expressed in the daily confrontation between man and matter and consequently access to new research fronts to understand the existential character of work for man. In order to analyze this situation, we risk the reckless reign of Gaston Bachelard, in an attempt to understand a mentality present in archaic myths and images, but present in modern man through the cosmos of the four elements: Fire, Air, Water and especially the last physical and philosophical dwelling place of man, the Earth.
Palavras-chave: Imaginação
Matéria
Minero-metalurgia
Gaston Bachelard
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS HUMANAS: GEOGRAFIA: GEOGRAFIA HUMANA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Instituto de Filosofia, Ciências Humanas e Sociais
Programa: Programa de Pós-graduação em Geografia
Citação: GOMES, Alice Lucas de Souza. Do imaginário ao material: a geograficidade nas profundezas da terra. 2019. 147 f. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2019.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7130
Data de defesa: 24-Apr-2019
Appears in Collections:Mestrado em Geografia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação_AliceGomes_PPGEOG.pdf1,5 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons