???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7437
Tipo do documento: Dissertação
Título: A loucura de ser mãe: vivências da maternidade por mulheres em sofrimento psíquico em Manaus, Amazonas
Título(s) alternativo(s): The madness of being a mother: experiences of motherhood by women in psychological distress in Manaus, Amazonas
Autor: Rosseti, Djuliane Maria Gil Schaeken 
Primeiro orientador: Gutierrez, Denise Machado Duran
Primeiro membro da banca: Resende, Gisele Cristina
Segundo membro da banca: Honorato, Eduardo Jorge Sant'Ana
Resumo: Este estudo foi desenvolvido a partir da compreensão de que a saúde mental vai além da ausência de doença. Para tal, tomou-se como base o paradigma da Reforma Psiquiátrica e os novos modelos de atuação e intervenção em saúde mental e procurou-se entender como estes relacionam as vivências de saúde mental com as vivências maternas. Desta forma, objetivou-se analisar a vivência da maternidade de mulheres em sofrimento psíquico no município de Manaus-AM. A abordagem qualitativa foi escolhida para conduzir o processo investigativo. Fez-se uso a História de Vida, da Associação Livre de Palavras e do Questionário fechado sobre dados sociodemográficos e de saúde enquanto instrumentos de coleta de dados. A análise dos achados foi fundamentada na Psicologia Histórico-Cultural, na Teoria da Subjetividade e na Teoria das Redes Sociais, permitindo a compreensão de questões complexas da experiência vivida pelos sujeitos da pesquisa. A revisão da literatura na área apontou a escassez de pesquisas sobre o tema. Os resultados alcançados afirmam que o diagnóstico em saúde mental ainda figura enquanto condição principal do sujeito. Os serviços de saúde do município ainda não estão atuando de forma a contemplar a integralidade de mães em sofrimento psíquico. A valorização dos aspectos psicossociais que influenciam a vivência da maternidade dessas mulheres pode auxiliar na compreensão do adoecimento e, quando potencializados, atuam na qualidade de fator de proteção. As redes de apoio social foram vistas como fonte de cuidado alternativo aos serviços assistenciais. A participação de familiares, amigos, vizinhos, colegas de trabalho e membros da igreja na produção de cuidados favoreceu o processo de aceitação do adoecimento, a melhoria da autoestima e contribuíram significativamente com o bem-estar pessoal. Identificou-se que os modelos explicativos para utilização dos sistemas de cuidado fizeram referência às opiniões, sentimentos, emoções, crenças, desejos e a própria história de vida. A utilização do conceito de itinerário terapêutico põe em evidência o sujeito e permite a adoção de estratégias mais eficazes para o cuidado em saúde mental. O estudo oferece elementos para sugerir a inclusão de uma reflexão crítica sobre a temática da saúde mental e dos cuidados ofertados para mulheres em sofrimento psíquico, no sentido de ampliar a visão sobre sujeito, contemplando-as para além do lugar de portadoras de uma doença.
Abstract: This study was developed from the understanding that mental health goes beyond the absence of illness. Taking the paradigm of Psychiatric Reform and the new models of action and intervention in health as the starting point, we sought to understand how they relate mental health experiences with maternal experiences. The objective was to analyze the experience of motherhood of women in psychic suffering in Manaus-AM. The qualitative methodology was used to conduct the investigative process. It was used the Life Story, Free Association of Words, Closed Questionnaire about data on socialdemographics and health while instruments of data collection. The analysis of the findings was based on Historical-Cultural Psychology, Subjectivity Theory and Social Network Theory, allowing the understanding of complex questions of the experience lived by the research subjects. The literature review in the area pointed to the lack of research on the subject. The results achieved state that the diagnosis in mental health still appears as the main condition of the subject. The health services of the municipality are not yet acting to contemplate the integrality of mothers in psychological distress. The health services of the municipality are not yet acting to contemplate the integrality of mothers in psychological distress. The appreciation of the psychosocial aspects that influence the experience of motherhood of these women can help in understanding the illness and, when empowered, act as a protective factor. Social support networks were seen as a source of alternative care to assistance services. The participation of family, friends, neighbors, co-workers and church members in the production of care favored the process of acceptance of illness, improved self-esteem and contributed significantly to personal well-being. It was identified that the explanatory models for the use of care systems applied references to opinions, feelings, emotions, beliefs, desires and the life story itself. The use of the concept of therapeutic itinerary highlights the subject and allows for the adoption of more effective strategies for mental health care. The study offers elements to suggest the inclusion of a critical reflection on the theme of mental health and the care offered to women in psychological suffering, in order to broaden the view about the subject, contemplating them beyond the place of carriers of a disease.
Palavras-chave: Mulheres - Saúde mental - Manaus (AM)
Serviços de saúde à maternidade - Manaus (AM)
Saúde mental
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS HUMANAS: PSICOLOGIA
???metadata.dc.subject.user???: Saúde Mental
Maternidade
Produção de Cuidados
Subjetividade
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Faculdade de Psicologia
Programa: Programa de Pós-graduação em Psicologia
Citação: ROSSETI, Djuliane Maria Gil Schaeken. A loucura de ser mãe: vivências da maternidade por mulheres em sofrimento psíquico em Manaus, Amazonas. 2019. 168 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7437
Data de defesa: 9-Sep-2019
Appears in Collections:Mestrado em Psicologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação_DjulianeRosseti_PPGPSI2,68 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.