???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7452
Tipo do documento: Dissertação
Título: Campesinato e meliponicultura no município de Itapiranga - Médio Amazonas/AM
Autor: Oliveira, Kleten Kelle Lima de 
Primeiro orientador: Cruz, Manuel de Jesus Masulo da
Primeiro membro da banca: Fernandes, Rinaldo Sena
Segundo membro da banca: Araújo, Nelcioney José de Souza
Resumo: O presente estudo teve como objetivo compreender a produção e reprodução do modo de vida do caboclo produtor a partir da atividade de meliponicultura no Médio Amazonas, no município de Itapiranga/AM. Como recorte geográfico foram determinadas o aprofundamento da pesquisa em duas comunidades, na terra firme a comunidade São José da Enseada e na terra de várzea a comunidade Santa Ana do Paraguai, ambas situadas em áreas rurais do município. Este estudo pretendeu conhecer o contexto de formação do município de Itapiranga-AM, de que forma se constituiu a sociedade cabocla e as motivações que foram decisivas para a ocupação e contribuíram para a permanência dos sujeitos sociais na localidade de Pedras, que mais tarde com o adensamento populacional receberia o status de município. Compreender as formas de produção e reprodução que o camponês-ribeirinho pratica em sua unidade familiar, no qual tem como base principal atender as necessidades básicas da sua família, sendo um ser ambivalente, pois lida com uma força exógena, no qual é entendido como uma contradição do capital, pois ao se reproduzir também produz formas não capitalistas de produção, o acúmulo de capital não é almejado nas suas práticas. Descrever o seu modo de vida interiorano e as dinâmicas que possuem na organização sócio-espacial do ambiente em que vivem, através da territorialidade, as festas, as músicas, e suas formas de lidar com a terra envolvendo suas dinâmicas internas do uso coletivo e individual do arranjo da produção, pois são realidades que se complementam na cheia e seca dos rios. Buscou entender como se constituiu historicamente a introdução da produção do mel no Estado do Amazonas, e também no município de Itapiranga-AM, pois o camponês-ribeirinho adota estratégias de sobrevivência e permanência no campo, para manter seu modo de vida. Adotando o manejo da atividade de meliponicultura (criação de abelhas indígenas sem ferrão), visando compor sua renda familiar, através da Associação dos Promotores de mel do Estado do Amazonas, que propôs a inserção desta atividade aos camponeses e que foi bem aceito. A rede de comercialização e estrutura produtiva de mel comunidades de terra firme e várzea presentes na produção camponesa no ambiente amazônico. Portanto o estudo demonstra a resistência dos camponeses-ribeirinhos em manter seu modo de vida e autonomia, sem a interferência invasiva do capitalismo, e que busca estratégias que não modifiquem suas práticas com a terra e a água para perpetuar sua reprodução social.
Abstract: The present research had as main objective to understand the production and reproduction of the way of life of the caboclo / producer from the activity of stingless bees in the middle Amazonas, in the municipality of Itapiranga / AM. As a geographic cut, the research in two communities was deepened, in the land of várzea the Community of Paraguay, and on the mainland the Community of San José da Enseada, both located in rural areas of the municipality. This study aimed to know the context of formation of the municipality of Itapiranga-AM, in what form was the caboclo society and the motivations that were decisive for the occupation and contributed to the permanence of the social subjects in the locality of Pedras, that later with the population density would receive the status of municipality. Understand the forms of production and reproduction that the peasant-riverine practices in his family unit, in which he has as a primary basis to meet the basic needs of his family, being an ambivalent being, since it deals with an exogenous force, in which it is understood as a contradiction of capital, because in reproducing also produces non-capitalist forms of production, the accumulation of capital is not sought in its practices. To describe their inner way of life and the dynamics they possess in the socio-spatial organization of the environment in which they live, through territoriality, parties, music, and their ways of dealing with the earth, involving their internal dynamics of collective and individual use of the arrangement of production, since they are realities that complement each other in the flood and drought of the rivers. It sought to understand how the introduction of honey production in the State of Amazonas and also in the municipality of Itapiranga-AM was historically constituted, since the peasant-riverine adopts strategies of survival and permanence in the field, to maintain their way of life. Adopting the management of the activity of stingless bees (creation of indigenous bees without sting), aiming to compose their family income, through the Association of Honey Promoters of the State of Amazonas, which proposed the insertion of this activity to the peasants and was well accepted. The description of the commercialization network and honey production structure of the terra firme and várzea communities present with the peasant production in the Amazonian environment. Therefore, the research demonstrates the resistance of the peasants to maintain their way of life and autonomy, without the invasive interference of capitalism, and that seeks strategies that do not modify their practices with land and water to perpetuate their social reproduction.
Palavras-chave: Ribeirinhos - Itapiranga (AM)
Abelhas - Criação
Abelhas sem ferrão
Mel - Comercialização - Itapiranga (AM)
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS HUMANAS: GEOGRAFIA
???metadata.dc.subject.user???: Camponês-ribeirinho
Município de Itapiranga/AM
Modo de vida
Meliponicultura
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Instituto de Filosofia, Ciências Humanas e Sociais
Programa: Programa de Pós-graduação em Geografia
Citação: OLIVEIRA, Kleten Kelle Lima de. Campesinato e meliponicultura no município de Itapiranga - Médio Amazonas/AM, 2019. 148 f. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2019.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7452
Data de defesa: 26-Sep-2019
Appears in Collections:Mestrado em Geografia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação_KletenOliveira_PPGEOG.pdf4,47 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons