???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7495
Tipo do documento: Dissertação
Título: Assistência na lógica da (Des)Proteção Social: desafios da Rede de Atendimento e enfrentamento da violência contra a Mulher em Manaus
Autor: Braga, Márcia Helena Nascimento 
Primeiro orientador: Cavalcante, Lidiany de Lima
Primeiro membro da banca: Ramos, Jucelem Belchior
Segundo membro da banca: Oliveira, Simone Eneida Baçal de
Resumo: A presente dissertação intitulada Assistência na Lógica da (Des) Proteção Social: desafios da rede de atendimento e enfrentamento da violência contra a mulher em Manaus, a qual Analisamos os aportes de efetividade da rede de atendimento e enfrentamento da violência contra mulher em Manaus, e Contextualizamos como os significados de gêneros influenciaram culturalmente na (des) construção da violência contra mulher; Caracterizamos e Identificamos as Políticas Públicas que subsidiam a rede de atendimento e enfrentamento da violência contra mulher em Manaus; Discutimos , limites e avanços da rede de atendimento e enfrentamento da violência contra mulher, destacando a visão dos diversos sujeitos sociais ( gestores, profissionais e mulheres que sofreram ou estão em situação de violência). O estudo teve como aporte central a Rede de Atendimento e Enfrentamento da Violência contra a Mulher em Manaus. A pesquisa foi do tipo exploratória, de natureza quantiqualitativa. Todo material coletado se deu por meio da pesquisa de campo. Analisamos a partir da técnica de análise do discurso, por entendermos que seria a mais apropriada para nossa pesquisa. Selecionamos seis (06) instituições, seguindo a Política de Enfrentamento à Violência contra as Mulheres, conforme os eixos estruturantes, que diz respeito a Assistência e Combate. Quanto a Assistência deve garantir o atendimento humanizado e qualificado às mulheres em situação de violência, com vista a formação continuada de agentes públicos e comunitários, e também a criação de serviços especializados, além da constituição/fortalecimento da Rede de Atendimento, no caso a articulação dos governos: Federal, Estadual, Municipal, Distrital, e da sociedade civil para o estabelecimento de uma rede de parcerias para o enfrentamento da violência contra as mulheres. Quanto ao Combate, exige normas penais que garantam a punição e a responsabilização dos agressores e ou autores de violência contra as mulheres. A Política Nacional de Enfrentamento da Violência contra as Mulheres, propõe ações que garantam a implementação da Lei Maria da Penha, em especial, no que tange à criação dos Juizados de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher. Adotamos para o cumprimento da pesquisa as Resoluções 466/2012 e 510/2016 do CNS (Conselho Nacional de Saúde. Entrevistamos dezenove (19) sujeitos, distribuídos da seguinte forma: cinco (05) gestores das referidas instituições selecionadas pertencentes ao primeiro grupo; para o segundo grupo, seis (06) técnicos, quais sejam, Assistentes Sociais e Psicólogos; para o terceiro e último grupo, oito (08) mulheres em situação de violência, todas com registro de BO – Boletim de Ocorrência, realizado pela Delegacia Especializada em Crimes contra a Mulher – Zona Centro-Sul. Concluímos uma rede existente, sob o viés de uma Política Pública com os traços do projeto neoliberal, com cortes do orçamento público, comprometendo os serviços, relações de trabalho dos profissionais, fragilizados, num contexto da flexibilização no mundo trabalho, o qual os aportes de efetividades da Rede de Atendimento e Enfrentamento da Violência contra a Mulher em Manaus, necessita ser redefinida com estratégias de ações, no enfretamento da violência contra a Mulher, sendo necessário um compromisso do Estado. Foi também possível identificar uma sociedade marcada pelo machismo, mulheres vivendo num relacionamento abusivo por mais de dez anos. Nesse sentido, estabelecemos propostas para os aportes de efetividade da Rede de Atendimento e Enfrentamento da Violência contra a Mulher, no sentido de contribuir para sua melhoria.
Abstract: This dissertation entitled Assistance in the Logic of Protection: Challenges of the service network and coping with violence against women in Manaus, which analyzed the contributions of effectiveness of the service network and coping with violence against women in Manaus, and We contextualize how gender meanings have culturally influenced the (de) construction of violence against women;We characterize and identify the Public Policies that subsidize the service network and face violence against women in Manaus; We discuss, limits and advances of the network of care and coping with violence against women, highlighting the vision of the various social subjects (managers, professionals and women who have suffered or are in a situation of violence). The study had as its central contribution the Network for Attending and Coping with Violence against Women in Manaus. The research was exploratory in nature, quantitative in nature. All material collected was done through field research. We analyze from the discourse analysis technique, because we understand that it would be the most appropriate for our research. We selected six (06) institutions, following the Policy on Combating Violence against Women, according to the structuring axes, which concerns Assistance and Combat. As for Assistance, it should ensure the humanized and qualified care of women in situations of violence, with a view to the continuous training of public and community agents, as well as the creation of specialized services, in addition to the constitution / of governments: Federal, State, Municipal, District, and civil society for the establishment of a network of partnerships to address violence against women. As for Combate, it requires criminal rules that guarantee the punishment and accountability of perpetrators and perpetrators of violence against women. The National Policy to Combat Violence against Women proposes actions that guarantee the implementation of the Maria da Penha Law, especially regarding the creation of Domestic and Family Violence Courts against Women. We interviewed nineteen (19) subjects, distributed as follows: five (05) managers of the said selected institutions belonging to the first group, for the purpose of complying with the research Resolutions 466/2012 and 510/2016 of the National Health Council. the second group, six (06) technicians, namely, Social Workers and Psychologists; for the third and last group, eight (08) women in situations of violence, all of them with BO - Occurrence Bulletin, carried out by the Specialized Crime Crimes Against Women - Central-South Zone. We conclude an existing network, under the bias of a Public Policy with the features of the neoliberal project, with cuts in the public budget, compromising the services, work relations of the professionals, weakened, in a context of flexibilization in the work world, which the contributions of effectiveness of the Network of Assistance and Coping with Violence against Women in Manaus, needs to be redefined with strategies of actions, in the fight against violence against Women, and a commitment by the State. It was also possible to identify a society marked by machismo, women living in an abusive relationship for more than ten years. In this sense, we have established proposals for the contributions of effectiveness of the Attention Network and Combating Violence against Women, in order to contribute to its improvement.
Palavras-chave: Violência contra as mulheres - Manaus (AM)
Assistência social - Mulheres
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS
???metadata.dc.subject.user???: Gênero
Políticas Públicas
Rede
Violência contra a Mulher
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Instituto de Filosofia, Ciências Humanas e Sociais
Programa: Programa de Pós-graduação em Serviço Social
Citação: BRAGA, Márcia Helena Nascimento. Assistência na lógica da (Des)Proteção Social: desafios da Rede de Atendimento e enfrentamento da violência contra a Mulher em Manaus. 2019. 174 f. Dissertação (Mestrado em Serviço Social) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus (AM), 2019.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7495
Data de defesa: 7-Jun-2019
Appears in Collections:Mestrado em Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação_MárciaBraga_PPGSS.pdf2,07 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.