???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7687
Tipo do documento: Dissertação
Título: Ecossistema UFAM: a complexidade da cultura organizacional em interface com a comunicação
Autor: Silva, Azenilton Melo da 
Primeiro orientador: Rodrigues, Allan Soljenitsin Barreto
Primeiro coorientador: Rodrigues, Renan Albuquerque
Primeiro membro da banca: Falcão, Charles Maciel
Segundo membro da banca: Barbosa, Walmir de Albuquerque
Resumo: Este estudo teve como objetivo é estudar as relações entre a cultura organizacional e a comunicação interna existente nos processos comunicacionais do Centro Administrativo da Reitoria da Ufam. O tema foi desenhado com base no paradigma da complexidade de Edgar Morin, método utilizado nos estudos que requer uma análise mais complexa dos processos, uma vez que busca compreende as relações complexas existentes entre os servidores e a organizações, tendo vista que estas relações tendem a serem construídas ou reconstruídas conforme a cultura existente no ambiente. Os estudos sobre cultura organizacional são conduzidos, segundo Martin (2001), considerando-se três perspectivas: a integração, a diferenciação e a fragmentação, levando em consideração o grau de consenso existente entre os membros da organização em relação às manifestações culturais. Através dessas perspectivas ajuda a entender a comunicação interna em interface com a cultura organizacional, tendo em vista que esta é uma ferramenta na interação entre os públicos e a organização. A coleta de dados ocorreu em 2019 através da pesquisa documental e aplicação de questionário semiestruturado eletrônico. A análise dos dados foi realizada à luz do referencial teórico proposto. A comunicação organizacional, de acordo com a percepção dos servidores do Centro Administrativo da Reitoria, apresentou-se como uma comunicação mais próxima da dimensão instrumental, técnica e voltada para informação, no entanto os participantes entendam que a comunicação deva ser utilizada estrategicamente para alcançar os objetivos da organização. Os ecossistemas comunicacionais ajudam na compreensão da interface entre a comunicação e a cultura em uma perspectiva de um sistema em que todas as possibilidades devem ser consideradas. Desta maneira, os resultados da pesquisa responderam ao problema e nos leva à concluir que os resultados alcançados responderam às expectativas da pesquisa ao demonstrar que esse estudo aponta que ocorrem simultaneamente a manifestação das três perspectivas de Martin (2001), tornando a cultura organizacional da IES complexa.
Abstract: This study hasto study the relationships between the organizational culture and the internal communication existing in the communication processes of the Administrative Center of the Rectory of Ufam. The theme was designed based on the complexity paradigm of Edgar Morin, a method used in studies that requires a more complex analysis of processes, since it seeks to understand the complex relationships existing between servers and organizations, considering that these relationships tend to built or rebuilt according to the existing culture in the environment. Studies on organizational culture are conducted, according to Martin (2001), considering three perspectives: integration, differentiation and fragmentation, taking into account the degree of consensus among members of the organization in relation to cultural manifestations. Through these perspectives it helps to understand internal communication in interface with the organizational culture, considering that it is a tool in the interaction between the public and the organization. Data collection took place in 2019 through documentary research and the application of an electronic semi-structured questionnaire. Data analysis was performed in the light of the proposed theoretical framework. Organizational communication, according to the perception of the employees of the Administrative Center of the Rectory, presented itself as a communication closer to the instrumental, technical and information-oriented dimension, however the participants understand that communication should be used strategically to reach the organization's objectives. Communicational ecosystems help to understand the interface between communication and culture in a perspective of a system that all possibilities must be considered. In this way, the research results responded to the problem and leads us to conclude that the results achieved responded to research expectations by demonstrating that this study points out that the manifestation of Martin's three perspectives (2001) occurs simultaneously, making the IES organizational culture complex.
Palavras-chave: Comunicação nas organizações
Cultura organizacional
Universidade Federal do Amazonas
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS: COMUNICAÇÃO
???metadata.dc.subject.user???: Comunicação organizacional
Ecossistemas comunicacionais
Cultura organizacional
Universidade Federal do Amazonas
Complexidade
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Faculdade de Informação e Comunicação
Programa: Programa de Pós-graduação em Ciências da Comunicação
Citação: SILVA, Azenilton Melo da. Ecossistema UFAM: a complexidade da cultura organizacional em interface com a comunicação. 2020. 125 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Comunicação) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2020.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7687
Data de defesa: 14-Feb-2020
Appears in Collections:Mestrado em Ciências da Comunicação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação_AzeniltonSilva_PPGCCOM.pdfDissertação_AzeniltonSilva_PPGCCOM3,3 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.