???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7706
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorOliveira, Luana Barbosa de-
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/3491954917040934por
dc.contributor.advisor1Manzato, Lizandro-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/0677617028146410por
dc.contributor.advisor-co1Ribeiro, Ruy Alexandre de Sá-
dc.contributor.advisor-co1Latteshttp://lattes.cnpq.br/7615342468040804por
dc.contributor.referee1Melo Filho, João de Almeida-
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/9045456793790448por
dc.contributor.referee2Pinheiro, Ivanei Ferreira-
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/4206908141937691por
dc.date.issued2019-11-29-
dc.identifier.citationOLIVEIRA, Luana Barbosa de. Produção e caracterização de compósito de matriz geopolimérica com adição de resíduo industrial. 2019. 96 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2019.por
dc.identifier.urihttps://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7706-
dc.description.resumoOs processos industriais geram uma variedade significativa de resíduos, de difícil decomposição final. A proposta dessa pesquisa é apresentar uma alternativa para a deposição final desse resíduo, mais especificamente do poliestireno. Enquanto os polímeros convencionais são formados por estruturas de carbono, geopolímeros são constituídos de estruturas de sílica e alumina. Dentre as possíveis aplicações, eles podem ser empregados em pastas, argamassas e concretos, em substituição ao cimento Portland. Para a adição do resíduo industrial na matriz geopolimérica foi feita sua caracterização, bem como dos precursores do geopolímero. A análise de espectroscopia de infravermelho com transformada de Fourier (FTIR) demonstra que o resíduo utilizado possui em sua composição química uma maior quantidade de dióxido de silício e dióxido de alumínio. Os resultados da análise de difração de raios-X (DRX), feitos na amostra de resíduo e na matriz geopolimérica confirma a composição química fornecida pela indústria bem com o processo de geopolimerização. A análise de termogravimetria (TG) e derivada de termogravimetria (DTG) demonstram que o resíduo possui uma perda muito pequena de água antes da degradação total da amostra. O ensaio de resistência a compressão evidenciou uma melhora significativa na incorporação do resíduo à matriz geopolimérica atingindo aos 28 dias cerca de 29,13 MPa (5% resíduo moído) e 40,44 MPa (5% resíduo peneirado). O ensaio de flexão demonstra que a adição do resíduo peneirado a matriz resultou em uma melhora na resistência que atingiu 2,07 e uma deformação de 0,66mm, cerca de 7,73% maior em relação a matriz.por
dc.description.abstractIndustrial processes generate a significant variety of residues which is difficult to decompose. The main goal of this research is to present an alternative for the final destination of this materials, specifically polystyrene. While main polymers are based of carbon structures, geopolymers are based of silica and alumina structures. Among possible applications, they can be used in pastes, mortars and concretes, replacing Portland cement. For the addition of the industrial residue in the geopolymer matrix was made its characterization, as well as the precursors of the geopolymer. The Fourier Transform Infrared Spectroscopy (FTIR) analysis demonstrates that the residue used has in its chemical composition a higher amount of silicon dioxide and aluminum dioxide. The results of X-ray diffraction (XRD) analysis on the residue sample and the geopolymer matrix confirm the chemical composition provided by the industry, as well as the geopolymerization process. Thermogravimetry (TG) and thermogravimetry derived (DTG) analysis show that the residue has very little water loss prior to total sample degradation. The compressive strength test showed a significant improvement on the residue’s incorporation to the geopolymer matrix, reaching at 28 days about 29.13 MPa (5% ground residue) and 4.44 MPa (5% screened residue). The flexure test demonstrates that the addition of the sieved residue to the matrix resulted in an improvement in strength that reached 2.07 and a 0.66mm deformation, about 7.73% higher than the matrix.eng
dc.formatapplication/pdf*
dc.thumbnail.urlhttps://tede.ufam.edu.br//retrieve/37737/Disserta%c3%a7%c3%a3o_LuanaOliveira_PPGEC.pdf.jpg*
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal do Amazonaspor
dc.publisher.departmentFaculdade de Tecnologiapor
dc.publisher.countryBrasilpor
dc.publisher.initialsUFAMpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Engenharia Civilpor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/4.0/-
dc.subjectGeopolímerospor
dc.subjectResíduos industriaispor
dc.subjectPolímeros - Biodegradaçãopor
dc.subjectCompósitos geopoliméricospor
dc.subjectPoliestirenopor
dc.subject.cnpqENGENHARIAS: ENGENHARIA CIVIL: CONSTRUÇÃO CIVIL: MATERIAIS E COMPONENTES DE CONSTRUÇÃOpor
dc.titleProdução e caracterização de compósito de matriz geopolimérica com adição de resíduo industrialpor
dc.typeDissertaçãopor
dc.subject.userGeopolímerospor
dc.subject.userPoliestirenopor
dc.subject.userResíduo industrialpor
dc.subject.userCompósitos geopoliméricospor
Appears in Collections:Mestrado em Engenharia Civil

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação_LuanaOliveira_PPGEC.pdfDissertação_LuanaOliveira_PPGEC2,42 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons