???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7724
Tipo do documento: Dissertação
Título: Quimiodiversidade de fungos endofíticos associado a estresse oxidativo em larvas de Aedes aegypti
Autor: Costa, Maria Beatriz Silva 
Primeiro orientador: Oliveira, Camila Martins de
Primeiro membro da banca: Abegg, Maxwel Adriano
Segundo membro da banca: Carneiro, Welma Sousa Silva
Resumo: O mosquito Aedes aegypti é o principal vetor do vírus da dengue, dengue hemorrágica, chikungunya e do zika vírus, que vem causando um grave problema de saúde pública mundial. Atualmente, o controle do Ae. aegypti se realiza com larvicidas sintéticos, no entanto, os mosquitos têm se tornado altamente resistentes a eles e isto faz com que sua erradicação seja mais difícil. O surgimento de mosquitos resistentes a inseticidas reforça o interesse da busca de novos produtos eficazes contra esses mosquitos adultos e no seu estado larval. Dessa forma, o objetivo deste projeto foi avaliar a quimiodiversidade encontrada nos fungos endofiticos isolados de Passovia stelis quanto ao seu potencial larvicida e de compreender os possíveis mecanismos entomotóxicos induzidos. Assim, para alcançar os objetivos delineados, 104 fungos endofíticos isolados em estudos anteriores passaram por reativação, onde apenas 6 apresentaram viabilidade. Cada um dos seis fungos foi cultivado em meio líquido de batata-dextrose, após o crescimento micelar, o caldo foi separado e particionado com acetato de etila, fornecendo os extratos brutos após a evaporação do solvente. Os extratos brutos obtidos (Ph, FAT07, FAT46, FAT49, FAT50 e CAT20) foram submetidos à testes preliminares em células de fibroblastos de pulmão humano (MRC-5) para análise de citotoxicidade pelo método do Alamar Blue e determinação de níveis de espécies reativas de oxigênio usando método da diclorofluoresceína. Os extratos que foram citotóxicos e apresentaram produção de espécies reativas de oxigênio foram submetidos ao teste de potencial larvicida frente as larvas de Ae. aegypti (ensaio bioseletivo e de dose). As larvas que morreram quando expostas ao extrato analisado foram submetidas a quantificação do dano oxidativo causado a proteínas e lipídios por meio do ensaio de substâncias reativas de ácido tiobarbitúrico e quantificação de teor de carbonila, respectivamente. De acordo com os resultados obtidos as amostras Ph, CAT 20, FAT 49, FAT 46 e FAT 50 não apresentaram citotoxicidade, enquanto a amostra FAT 07 foi citotóxica. Todos os extratos testados frente as células MRC-5 são produtores de espécies reativas de oxigênio. O extrato FAT07 apresentou atividade larvicida com CL50 igual a 264,456 ppm e CL90 igual a 364,307 ppm, sendo considerado ativo. Suplementarmente, supõe-se que as larvas ao serem submetidas ao extrato FAT07 morrem por dano oxidativo a proteínas e lipídios. O extrato FAT07 foi fracionado, e três substâncias foram isoladas, estando em processo de identificação por Ressonância Magnética Nuclear e Espectrometria de Massas. Adicionalmente, foi realizado ensaio biológio para atividade antibacteriana contra Xanthomonas citri subsp. citri.
Abstract: The Aedes aegypti mosquito is the main vector of the dengue virus, hemorrhagic dengue, chikungunya and the zika virus, which has been causing a serious public health problem worldwide. Currently, control of Ae. aegypti is carried out with synthetic larvicides, however, mosquitoes have become highly resistant to them and this makes their eradication more difficult. The emergence of insecticide-resistant mosquitoes reinforces the interest in the search for new products effective against these adult mosquitoes and in their larval state. Thus, the objective of this project was to evaluate the chemiodiversity found in the endophytic fungi isolated from Passovia stelis regarding their larvicidal potential and to understand the possible entomotoxic mechanisms induced. Thus, to achieve the objectives outlined, 104 endophytic fungi isolated in previous studies underwent reactivation, where only 6 showed viability. Each of the six fungi were grown in potato dextrose liquid medium, after the micellar growth, the broth was separated and partitioned with ethyl acetate, providing the crude extracts after evaporation of the solvent. The crude extracts obtained (Ph, FAT07, FAT46, FAT49, FAT50 and CAT20) were subjected to preliminary tests on human lung fibroblast cells (MRC-5) for analysis of cytotoxicity by the Alamar Blue method and determination of reactive species levels of oxygen using the dichlorofluorescein method. The extracts that were cytotoxic and showed production of reactive oxygen species were submitted to the larvicidal potential test against the Ae. Aegypti larvae (bioselective and dose assay). Larvae that died when exposed to the analyzed extract were subjected to quantification of the oxidative damage caused to proteins and lipids by testing reactive substances of thiobarbituric acid and quantification of carbonyl content, respectively. According to the results obtained, the Ph, CAT 20, FAT 49, FAT 46 and FAT 50 samples did not show cytotoxicity, while the FAT 07 sample was cytotoxic. All extracts tested against MRC-5 cells are producers of reactive oxygen species. The extract FAT07 showed larvicidal activity with CL50 equal to 264,456 ppm and CL90 equal to 364,307 ppm, being considered active. Additionally, it is assumed that the larvae, when submitted to the FAT07 extract, die from oxidative damage to proteins and lipids. The FAT07 extract was fractionated, and three substances were isolated, being in the process of identification by Nuclear Magnetic Resonance and Mass Spectrometry. Additionally, a bio-clock assay for antibacterial activity against Xanthomonas citri subsp. citri.
Palavras-chave: Citotoxidade
Quimiodiversidade
Xanthomonas
Aedes aegypti
Vírus da dengue
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS AGRÁRIAS
???metadata.dc.subject.user???: Citotoxidade
Dengue
TBARS
Carbonila
Xanthomonas
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Instituto de Ciências Exatas e Tecnologia - Itacoatiara
Programa: Programa de Pós-graduação em Ciência e Tecnologia para Recursos Amazônicos
Citação: COSTA, Maria Beatriz Silva. Quimiodiversidade de fungos endofíticos associado a estresse oxidativo em larvas de Aedes aegypti. 2020. 68 f. Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia para Recursos Amazônicos) - Universidade Federal do Amazonas, Itacoatiara-AM, 2020.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7724
Data de defesa: 2-Mar-2020
Appears in Collections:Mestrado em Ciência e Tecnologia para Recursos Amazônicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação_MariaBeatriz_PPCTRA.pdfDissertação_MariaBeatriz_PPCTRA1,66 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.