???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7731
Tipo do documento: Dissertação
Título: Repercussões neurocomportamentais e cardiorrespiratórias do posicionamento hammock em recém-nascidos pré-termos em uma unidade de terapia intensiva neonatal: estudo observacional
Autor: Lima, Cintia Raquel de 
Primeiro orientador: Gonçalves, Roberta Lins
Primeiro membro da banca: Rosa, Rosane Dias da
Segundo membro da banca: Pereira, Silvana Alves
Resumo: Introdução: O posicionamento Hammock tem sido utilizado por profissionais da saúde brasileiros como uma prática da atenção humanizada em recém-nascidos pré-termo (RNPT) em Unidades de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN). Seu uso é pautado na premissa de que contribua para o adequado desenvolvimento do sistema vestibular, integração sensorial, equilíbrio e propriocepção, evitando extensões ou retrações indesejadas, promovendo reorganização tônica e comportamental e levando ao relaxamento e diminuição do estresse, favorecendo o ganho de peso em RNPT. Contudo, existem poucas evidências científicas sobre o tema. Objetivo: analisar as repercussões neurocomportamentais e cardiorrespiratórias do posicionamento Hammock em RNPT em UTIN. Método: estudo de coorte observacional, prospectivo e analítico. As variáveis foram observados 5 minutos antes, durante (1 e 2 horas), no último momento do posicionamento; e 5 e 30 minutos após: variáveis neurocomportamentais por meio das escalas Brazelton Neonatal Behavioral Assessment Scale (BNBAS), Neonatal Infant Pain Scale (NIPS), Escala Neonatal Facial Coding System (NFCS) e PIPP: Premature Infant Pain Profile e as variáveis cardiorrespiratórias: frequência cardíaca (FC), frequência respiratória (FR) e saturação periférica de oxigênio (SpO2). O processamento dos dados foi realizado pelo programa SPSS (Statistical Package for the Social Sciences 22) e eles foram apresentados como estatística descritiva simples (percentual -%, média, desvio padrão, mediana e intervalo interquartil – IQR). As medianas foram comparadas pelos testes de Friedman, Q Cochran e ANOVA para medidas repetidas, atribuindo-se como significativos resultados com p<0,05. Resultados: Foram observados 45 RNPT, nascidos com idade gestacional entre 25-35 semanas. Os RNPT evoluíram progressivamente para o sono profundo durante o posicionamento Hammock (p= 0,007 teste Q de Cochran). Os RNPT não estavam com dor antes do posicionamento Hammock, variável que nãos e alterou com o procedimento (p > 0,05, teste Q de Cochran). As variáveis cardiorrespiratórias mantiveram-se dentro dos limites de normalidade, também sem alterações (p > 0,05, teste de Friedman e ANOVA para medidas repetidas). Conclusão: O posicionamento Hammock induziu ao sono profundo e não alterou as variáveis cardiorrespiratórias.
Abstract: Introduction: The Hammock positioning was used by Brazilian health professionals as a practice of humanized care in preterm newboRN (PTNB) in Neonatal Intensive Care Units (NICU). It is awarded for contributing to the improvement of the vestibular system, sensory integration, balance and proprioception, unwanted changes or retractions and promotion of tonic and behavioral reorganization. However, there is little scientific research on the topic. Objective: to analyze how neurobehavioral and cardiorespiratory repercussions of Hammock positioning in PTNBs in NICUs. Method: observational, prospective and analytical cohort study.As neurobehavioral variables using the Brazelton Neonatal Behavioral Assessment Scale (BNBAS), Neonatal Infant Pain Scale (NIPS), Neonatal Facial Coding System Scale (NFCS) and PIPP: Premature Infant Pain Profile and as variables Cardiorespiratory: respiratory rate (RF) and peripheral oxygen saturation (SpO2), were observed 5 minutes before, during (1 and 2 hours), at the last moment of positioning; and 5 and 30 minutes later. Data processing was performed using the SPSS program (Statistical Package for the Social Sciences 22). The data were presented as simple descriptive statistics (percentage -%, mean, standard deviation, median and interquartile range - IQR). As the medians were compared using the Friedman, Q Cochran and ANOVA tests for repeated measures, attributing results with p <0.05. Results: 45 PTNBs, born with gestational age between 25-35 weeks, were observed. PTNBs progressively progressed to deep sleep during network positioning (p = 0.007 Cochran's Q test). There was no significant change in pain scores (p> 0.05, Cochran's Q test). As cardiorespiratory variables kept within normal limits without changes (p> 0.05, Friedman's test and ANOVA for repeated measures). Conclusion: Hammock positioning indicates deep sleep and does not alter cardiorespiratory variables. Key words: Premature Newborn; Patient positioning; Neonatal Intensive Care Units; Physiotherapy.
Palavras-chave: Tratamento intensivo neonatal
Neonatologia
Posicionamento Hammock
Recém-nascidos pré-termo
Triagem neonatal
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS DA SAÚDE
???metadata.dc.subject.user???: Recém-Nascido Prematuro
Posicionamento do Paciente
Unidades de Terapia Intensiva Neonatal
Modalidade de Fisioterapia
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Faculdade de Educação Física e Fisioterapia
Programa: Programa de Pós-graduação em Saúde, Sociedade e Endemias na Amazônia
Citação: LIMA, Cintia Raquel de. Repercussões neurocomportamentais e cardiorrespiratórias do posicionamento hammock em recém-nascidos pré-termos em uma unidade de terapia intensiva neonatal: estudo observacional. 2020. 73 f. Dissertação (Mestrado em Saúde, Sociedade e Endemias na Amazônia) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2020.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7731
Data de defesa: 10-Mar-2020
Appears in Collections:Mestrado em Saúde, Sociedade e Endemias na Amazônia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação_CintiadeLima_PPGSSEA.pdfDissertação_CintiadeLima_PPGSSEA2,26 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.