???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/6332
Tipo do documento: Tese
Título: Segurança alimentar e conservação nos agroecossistemas no Alto Solimões, Amazonas
Autor: Dácio, Antonia Ivanilce Castro 
Primeiro orientador: Noda, Hiroshi
Primeiro coorientador: Noda, Sandra do Nascimento
Primeiro membro da banca: Freitas, Marilene Corrêa da silva
Segundo membro da banca: Jesus, Edilza Laray de
Terceiro membro da banca: Almeida, Ronaldo de
Quarto membro da banca: Schweickardt, Júlio César
Quinto membro da banca: Silva, Sandra Helena da
Resumo: O estudo teve por objetivo analisar os processos de segurança alimentar e conservação dos recursos genéticos vegetais nos agroecossistemas na região de fronteira no Alto Rio Solimões. Para tanto, buscou-se caracterizar as diferentes paisagens nas unidades familiares, identificar os processos de trabalho utilizados nos sistemas produtivos para conservação dos recursos genéticos vegetais locais, além de listar os produtos consumidos na dieta alimentar e os utilizados para obtenção de renda monetária. O estudo foi realizado na localidade denominada Nova Aliança, no município de Benjamin Constant, AM. Adotou-se, como referencial teórico da estratégia metodológica, a dialética da complexidade, tendo como delineamento de intervenção de campo o Estudo de Caso. Nos agroecossistemas em Nova Aliança, ocorre uma associação recursiva com o sistema ambiental e os saberes transmitidos são reproduzidos e reconstruídos geracionalmente por manifestarem o processo de acoplamento estrutural. O trabalho nos agroecossistemas apoia-se, fundamentalmente, no grupo social formado pela família em cuja organização está assentada a prática coletivista de reciprocidade, buscando viabilizar sua reprodução social. Os moradores produzem e reproduzem a diversidade agrícola nos agroecossistemas para viabilizar a manutenção da unidade familiar. Os canais de obtenção de alimentos via trabalho nos agroecossistemas e relações de reciprocidade, pelos moradores de Nova Aliança, apresentam-se como um sistema de disposições duráveis e transponíveis integradas ao saber. A complexidade do Sistema Unitas Multiplex da comida emerge da reciprocidade entre o estabelecido pelo real, com características multifuncionais, organização e interações próprias, desde emergências. As formas de produção adotadas correspondem a sistemas integradores da agricultura aos diversos ecossistemas acessados. Isto porque, a organização dos agroecossistemas é representada pela conjunção dos ambientes terrestres e aquáticos e apresentam-se como um conjunto de expressões de conhecimentos e saberes diferenciados resultantes do uso, manejo e conservação dos lugares, das espécies cultivadas e da cultura material e imaterial em sua prática viva, e por ela, resultantes da experiência comum de vida do povo Kokama.
Abstract: The study aimed to analyze the processes of food security and conservation of plant genetic resources in agroecosystems in the border region in the “Alto Rio Solimões”. To this end, sought to characterize the different landscapes in family units, identify the work processes used in production systems for plant genetic resources conservation sites, in addition to listing the products consumed in the diet and used for obtaining monetary income. The study it was in the locality named “Nova Aliança”, in the municipality of Benjamin Constant, AM. As adopted theoretical referential methodological strategy the dialectic of complexity, with the intervention of the field design case study. In the agroecosystems in“Nova Aliança” is a recursive association with the environmental system and knowledge transmitted reproduce and rebuilt generationally by the residents and by express structural coupling process. Work on agroecosystems is based primarily on the social group formed by the family in whose organization is seated the collectivist practice of reciprocity, seeking to make your social reproduction. The residents produce and reproduce the agricultural diversity in agroecosystems to achieve the maintenance of family unity. The channels of obtaining food via work on agroecosystems and reciprocal relations, by residents of “Nova Aliança”, are a durable and transposable arrangements system integrated with know.Unitas Multiplex System complexity of food emerges from the reciprocity between the established by real, with multifunctional characteristics, organization and interactions themselves, since emergencies. The forms of production adopted correspond to agriculture integrators systems to various ecosystems accessed. This is because the organization of agroecosystems presented by the conjunction of terrestrial and aquatic. And environments and are presented as a set of expressions of knowledge and differentiated knowledge resulting from the use, management and conservation of places, cultivated species and the material and immaterial culture in Its living practice, and for it, resulting from the common life experience of the Kokama people.
Palavras-chave: Amazônia
Relações de reciprocidade
Trabalho familiar
Sistema alimentar
Saber local
Amazonian
Reciprocity relations
Family work
Food system
Local knowledge
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS AGRÁRIAS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Faculdade de Ciências Agrárias
Programa: Programa de Pós-graduação em Ciências do Ambiente e Sustentabilidade na Amazônia
Citação: DÁCIO, Antonia Ivanilce Castro. Segurança alimentar e conservação nos agroecossistemas no Alto Solimões, Amazonas. 2017.162 f. Tese (doutorado em Ciências do Ambiente e Sustentabilidade na Amazônia) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/6332
Data de defesa: 24-Apr-2017
Appears in Collections:Doutorado em Ciências do Ambiente e Sustentabilidade na Amazônia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese Antonia Ivanilce_vs final.pdf8,38 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.