???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/6719
Tipo do documento: Dissertação
Título: Estudo comparativo do uso de clonidina administrada por via venosa, versus subaracnóidea, em pacientes submetidos à colecistectomia videolaparoscópica
Autor: Silva, Christiane Rodrigues da 
Primeiro orientador: Nunes, Juscimar Carneiro
Primeiro coorientador: Oliveira, Cinthya Iamile Frithz Brandão de
Primeiro membro da banca: Nunes, Juscimar Carneiro
Segundo membro da banca: Batista, Bruno Bellaguarda
Terceiro membro da banca: Lima Netto, José Corrêa
Resumo: JUSTIFICATIVA. A dor não tratada leva a complicações pós-operatórias que prolongam o tempo de internação hospitalar. A associação de fármacos analgésicos com diferentes mecanismos de ação, como a clonidina, permite usar doses menores de medicamentos para melhor controle da dor. OBJETIVOS. Esta dissertação tem por objetivo avaliar o emprego de analgesia multimodal no controle da dor pós-operatória de pacientes submetidos à colecistectomia por videolaparoscopia (CVLP); comparar as atividades analgésicas da clonidina intratecal e endovenosa para analgesia pós-operatória; analisar a necessidade de drogas analgésicas no pós-operatório imediato (tramadol/morfina) e identificar possíveis complicações. MÉTODO. Foi realizado um estudo de ensaio clínico prospectivo, experimental e randômico, com os pacientes divididos em 03 blocos, com 20 pacientes cada: Grupo I (n=20) controle, submetido à anestesia padrão; Grupo II (n=20) clonidina intratecal, submetido à anestesia padrão associada ao uso de clonidina intratecal; Grupo III (n=20) clonidina endovenosa, submetido à anestesia padrão associada ao uso de clonidina endovenosa. RESULTADOS. Os escores de dor entre os grupos não apresentaram valores com diferenças significativas, porém foi observada maior necessidade analgésica do uso da morfina no grupo controle (p = 0,005), assim como maior incidência de náuseas e vômitos (p=0,240), provavelmente devido aos efeitos colaterais da morfina como medicação de resgate. Os grupos II e III apresentaram uma redução significativa da frequência cardíaca (p ˂0,001), porém sem repercussão clínica. CONCLUSÕES. Nos pacientes submetidos à CVLP há evidências de que a administração perioperatória de alfa 2-agonistas preserva a estabilidade hemodinâmica, diminui o consumo de opióides e a incidência de náuseas e vômitos no pós-operatório.
Abstract: BACKGROUND. Untreated pain leads to postoperative complications that prolong hospital stay. The association of analgesic drugs with different mechanisms of action, such as clonidine, allows the use of smaller doses of medication for better control of pain. OBJECTIVES. This dissertation aims to evaluate the use of multimodal analgesia in the control of postoperative pain in patients submitted to videolaparoscopic cholecystectomy (VLC); to compare the analgesic activities of intrathecal and intravenous clonidine for postoperative analgesia; to analyze the need for analgesic drugs in the immediate postoperative (tramadol / morphine) and to identify possible complications. METHOD. A prospective, randomized clinical trial was conducted with patients divided into three blocks, with 20 patients each one: Group I (n = 20) control, submitted to standard anesthesia; Group II (n = 20) intrathecal clonidine, submitted to standard anesthesia associated with the use of intrathecal clonidine; Group III (n = 20) intravenous clonidine, submitted to standard anesthesia associated with the use of intravenous clonidine. RESULTS. The pain scores between the groups did not present significant differences, but a greater analgesic need was observed in the control group (p = 0.005), as well as a higher incidence of nausea and vomiting (p = 0.240), probably due to side effects of morphine as rescue medication. Groups II and III presented a significant reduction of heart rate (p ˂ 0.001), but without clinical repercussion. CONCLUSIONS. In patients undergoing VLC there is evidence that the perioperative administration of alpha 2-agonists preserves hemodynamic stability, decreases opioid consumption and the incidence of nausea and vomiting in the postoperative.
Palavras-chave: Colecistectomia Laparoscópica
Anestesia Balanceada
Clonidina. Analgesia
Ensaio Clínico
Laparoscopic Cholecystectomy
Balanced Anesthesia
Clonidine
Analgesia
Clinical Trial
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS DA SAÚDE: MEDICINA: CIRURGIA: ANESTESIOLOGIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Faculdade de Medicina
Programa: Programa de Pós-graduação em Cirurgia
Citação: SILVA, Christiane Rodrigues da. Estudo comparativo do uso de clonidina administrada por via venosa, versus subaracnóidea, em pacientes submetidos à colecistectomia videolaparoscópica. 2018. 79 f. Dissertação (Mestrado em Cirurgia) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/
URI: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/6719
Data de defesa: 21-Sep-2018
Appears in Collections:Mestrado em Cirurgia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação_ChristianeSilva_PPGRACIDocumento principal4,99 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons