???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/6995
Tipo do documento: Dissertação
Título: Relações sociais e afetivas de crianças com dificuldade de movimento no contexto escolar: uma análise a partir do olhar da professora e das crianças
Autor: Faianca Sodré, Marta Patrícia 
Primeiro orientador: Santos, João Otacílio Libardoni dos
Primeiro membro da banca: Formiga, Nilton Soares
Segundo membro da banca: Fernandes, Wania Ribeiro
Resumo: O ambiente escolar é um local onde as crianças podem aprimorar, aprender e desenvolver suas habilidades. O espaço escolar releva situações diversas no seu cotidiano como dificuldades que as crianças possam apresentar, podendo muitas das vezes ser rotulada sem nenhum diagnóstico, ou ainda ter suas particularidades esquecidas em meio tantas crianças nesse ambiente. No ensino faz-se necessário a perspectiva da educação inclusiva, exatamente para atender as necessidades dos alunos. Muitas dificuldades podem ser acarretadas por questões corporais que não foram trabalhadas no momento correto e nem na fase correta no ambiente escolar. Assim, uma prática inclusiva consiste em um olhar redimensionado para as diferenças, considerando os sujeitos como atores sociais. Em virtude desse contexto, a pesquisa analisou se a dificuldade de movimento influenciaria nas interações sociais e afetivas de crianças no contexto escolar. A pesquisa teve como objetivos: identificar as crianças que apresentaram dificuldade de movimento no contexto escolar; descrever as interações sociais e afetivas de crianças com e sem dificuldade de movimento no contexto escolar e verificar se as crianças com dificuldade de movimento apresentaram comprometimentos nas interações sociais e afetivas no contexto escolar. Quanto ao método, a pesquisa caracteriza-se como uma pesquisa quali-quanti. O loco da pesquisa foi uma escola municipal de educação infantil, da cidade de Manaus. Os instrumentos utilizados foram entrevistas semiestruturadas e o teste Movement Assessment Battery for Children - MABC-2. Os participantes da pesquisa foram 24 crianças com idade de 4-5 anos e a professora regente. Na análise e discussão dos dados usou-se a análise descritiva para os dados das crianças e a análise de conteúdo para analisar os dados da professora
Abstract: The school environment is a place where children can improve, learn and develop their skills. The school space reveals different situations in its daily life as difficulties that children can present, and can often be labeled without any diagnosis, or even have their particularities forgotten among so many children in this environment. In education, the perspective of inclusive education is necessary, precisely to meet the students’ needs. Many difficulties can be caused by bodily issues that were not worked at the right time or at the correct stage in the school environment. Thus, an inclusive practice consists of a scaled-down look at the differences, considering the subjects as social actors. Due to this context, the research analyzed whether the difficulty of movement would influence the social and affective interactions of children in the school context. The research had as objectives: to identify the children who presents difficulty of movement in the school context; to describe the social and affective interactions of children with and without movement difficulties in the school context and to verify if the children with difficulty of movement presents compromises in the social and affective interactions in the school context. As for the method, the research is characterized as a quality-quantity research. The locus of the research was a municipal school of early childhood education, in Manaus city. The instruments used were semi-structured interviews and the Movement Assessment Battery for Children (MABC-2) test. The participants of the research were 24 children aged 4-5 years old and the regent teacher. In the analysis and discussion of the data the descriptive analysis was used for the data of the children and the content analysis to analyze the data of the teacher.
Palavras-chave: Corpo
Educação
Interação social
Dificuldade de movimento
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS HUMANAS: EDUCAÇÃO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Faculdade de Educação
Programa: Programa de Pós-graduação em Educação
Citação: SODRÉ, Marta Patrícia Faianca. Relações sociais e afetivas de crianças com dificuldade de movimento no contexto escolar: uma análise a partir do olhar da professora e das crianças. 2018. 112 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Embargado
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/6995
Data de defesa: 14-Dec-2018
Appears in Collections:Mestrado em Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Reprodução Não Autorizada.pdf46,6 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview    Request a copy


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons