???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7475
Tipo do documento: Tese
Título: O efeito de barragens hidrelétricas sobre populações de peixes de rios de águas pretas na Amazônia: uma abordagem com o uso de marcadores biogeoquímicos e moleculares
Título(s) alternativo(s): The effect of hydroelectric dams on blackwater river fish populations in the Amazon: an approach using biogeochemical and molecular markers
Autor: Barroco, Lorenzo Soriano Antonaccio 
Primeiro orientador: Freitas, Carlos Edwar de Carvalho
Primeiro coorientador: Pouilly, Marc
Primeiro membro da banca: Jerônimo, Gabriela Tomas
Segundo membro da banca: Lazareth, Claire
Terceiro membro da banca: Souza, Lucirene Aguiar de
Quarto membro da banca: Batista, Jacqueline da Silva
Resumo: Um efeito bastante estudado da construção de barragens hidrelétricas é a formação de barreira física aos movimentos migratórios de espécies que precisam realizá-los para completar seu ciclo de vida. Contudo, a conservação da variabilidade genética e da diversidade biológica das populações é fundamental para o funcionamento dos ecossistemas e manutenção das espécies de peixes, no que concerne à sua habilidade de adaptação e resposta às frequentes mudanças ambientais. Este estudo objetivou estudar o efeito de barragens hidrelétricas sobre a dinâmica de movimentos e a estrutura genética de populações de peixes da Amazônia, por meio de um estudo de caso com a população de Cichla temensis do rio Uatumã, barrado pela Usina Hidrelétrica de Balbina, e do rio Jatapú, um afluente não impactado, para testar a hipótese central de que: O barramento do rio Uatumã formou barreira física e ecológica à movimentação dos peixes e ao fluxo gênico entre a população de C. temensis originária do rio Uatumã. Para tanto, foram realizadas análises biogeoquímicas para entender a dinâmica de movimentos dos peixes, a partir das assinaturas isotópicas de 87Sr/86Sr em otólitos, escamas e águas, por meio da espectrometria de massa com fonte de plasma e multicoletor, com ablação a laser para os otólitos e escamas (MC-LA-ICPMS), e análises moleculares para determinar os parâmetros populacionais, a partir de amostras biológicas (fragmento da nadadeira pélvica), utilizando uma ferramenta genômica por meio dos SNP’s, aplicando a metodologia de RADseq. Foram analisados efetivamente 88 otólitos, 20 escamas, 78 amostras de nadadeira de C. temensis e quatro amostras de água do rio Uatumã. A biogeoquímica nos permitiu observar os impactos diretos da fragmentação do rio Uatumã, devido a implantação da Usina Hidroelétrica de Balbina, sobre os padrões comportamentais relacionados aos movimentos de dispersão da população originária de C. temensis do rio Uatumã, principalmente aqueles que habitam a área de influência direta da barragem. Já através da genômica, observamos que a barragem forçou uma estruturação da população originária de C. temensis, dividindo-a em dois subgrupos populacionais, um a montante e outro a jusante. Espera-se que esta pesquisa subsidie novos estudos, visando que os recursos pesqueiros possam ser manejados adequadamente e avaliados de forma eficiente nos diagnósticos ambientais de empreendimentos hidrelétricos.
Abstract: A widely studied effect of the hydroelectric dams is the habitat fragmentation due the physical barrier originated by their construction. These barriers could be an obstacle to the migratory movements of fish species, which need to realize them to complete their life cycle. The most the studies were developed to understand the dam’s effects on these migratory species and few studies were done taking non-migratory species as target species. The conservation of populational genetic variability is fundamental to the conservation of fish species, including non-migratory ones, and, as consequence, to the maintenance of healthy ecosystems. This study evaluated the effect of the Balbina hydroelectric dam on the movement dynamics and genetic structure of the population of Cichla temensis, to answer a central question “Is the Balbina hydroelectric dam on the Uatumã river a physical and ecological barrier to fish movement and gene flow among C. temensis population?”. To reach this question were performed biogeochemical analyzes based on isotopic signatures of 87Sr/86Sr of otoliths, scales and waters, by mass spectrometry with plasma source and multicoletor, with laser ablation (MC-LA-ICPMS), and molecular analyzes to determine population parameters from biological samples (pelvic fin fragment) using a genomic tool using SNP's, applying the RADseq methodology. Were effectively analyzed 88 otoliths, 20 scales, 78 fin samples from C. temensis and 4 water samples from the Uatumã River. Biogeochemistry allowed us to observe the direct impacts of the fragmentation of the Uatumã river, due to the implementation of the Balbina Hydroelectric Dam, on the behavioral patterns related to the dispersal movements of the population originating from C. temensis of the Uatumã river, especially those inhabiting the area directly under dam influence. The genomics analysis showed that the dam forced a structuring of the C. temensis populations, dividing it into two populational units, one upstream and another downstream. It is hoped that this research will serve as subsidies for further studies, aiming that the fishery resources can be properly managed the environmental effects of hydroelectric projects deeply understood.
Palavras-chave: Usinas hidrelétricas
Peixes - Populações
Usina Hidrelétrica de Balbina
Uatumã, Rio (AM)
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS AGRÁRIAS: RECURSOS PESQUEIROS E ENGENHARIA DE PESCA
???metadata.dc.subject.user???: Cichla temensis
Rio Uatumã
Balbina
Microquímica de otólitos
SNP’s
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Faculdade de Ciências Agrárias
Programa: Programa de Pós-graduação em Ciências Pesqueiras nos Trópicos
Citação: BARROCO, Lorenzo Soriano Antonaccio. O efeito de barragens hidrelétricas sobre populações de peixes de rios de águas pretas na Amazônia: uma abordagem com o uso de marcadores biogeoquímicos e moleculares. 2019. 104 f. Tese (Doutorado em Ciências Pesqueiras nos Trópicos) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2019.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7475
Data de defesa: 16-Oct-2019
Appears in Collections:Doutorado em Ciências Pesqueiras nos Trópicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_LorenzoBarroco_PPGCIPET.pdf2,21 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.