???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7566
Tipo do documento: Dissertação
Título: Programa saberes indígenas na escola: avaliação de possibilidades e limites na construção de uma formação docente para um ensino diferenciado, intercultural e bilíngue, Lábrea-AM
Autor: Monteiro, Alcioni da Silva 
Primeiro orientador: Mascarenhas, Suely Aparecida do Nascimento
Primeiro coorientador: Souza, Marilsa Miranda de
Primeiro membro da banca: Solano Becerril, Luis Ernesto
Segundo membro da banca: Lima, Renato Abreu
Resumo: Esta proposta de pesquisa tem como objeto de estudo o Programa Saberes Indígenas na Escola: Possibilidades e limites na construção de uma formação docente para um ensino diferenciado, intercultural e bilíngue. O objetivo deste estudo tem como finalidade avaliar como o Programa Saberes Indígenas na escola vem sendo desenvolvido no âmbito da educação escolar indígena do município de Lábrea-Amazonas no período de 2018 a 2019. Embora sejamos norteados, desde que nascemos com uma educação não formal, o contexto escolar deve atrelar-se com nossa realidade, para que haja uma interpretação e significação no ato de aprender. Nesse sentido, esta investigação será assentada nas contextualizações do referencial teórico em consonância com o processo metodológico da análise de conteúdo e efetivada com a pesquisa bibliográfica e de campo, tendo como instrumentos a observação e a entrevista. Ponderamos que esta pesquisa poderá ser pertinente, já que trará reflexões necessárias para as abordagens de elementos consideráveis ao processo educacional dos povos indígenas. Os saberes e valores indígenas inseridos na escola na educação indígena, deverão ser compreendidos de forma reflexiva e necessária para subsidiar caminhos transformadores nos processos de escolarização e para que as escolas dos povos originários do Brasil sejam indígenas de fato. Para nortear a pesquisa, nos embasamos em autores como Grupioni, Baniwa, Brasil, Candau, Munduruku entre outros. Por meio da leitura desses autores, subsidiamos os aportes surgidos na entrevista aplicada aos professores indígenas da área Marahã para a compreensão dos anceios e dificuldades que os mesmos enfrentam. Buscou-se identificar também, as ideologias dos pensamentos conceitual dos professores e qual o impacto desses contextos para a formação da atuação do processo ensino e aprendizagem. Caracterizou o processo da educação escolar e formação na ótica da Teoria de Karl Marx, premissa essencial para a base total das premissas que alienam ideologicamente o pensamento e atuação dos professores cursistas do PSIE. Nessa síntese defende-se a compreensão da realidade do homem como reflexo das condições históricas vividas, na qual se produz as ideias condicionadas dos sistemas como consciência natural do processo de vida real dos cidadãos brasileiros. Por isso, a formação do professor indígena, deve estar atrelada a essência de uma educação diferenciada, intercultural e bilíngue, para assim, revitalizar ou ressignificar a identidade dos povos tradicionais. Potencializando apoio pedagógico e a compreensão do currículo específico e de acordo com as necessidades reais de cada povo.
Abstract: This research has as its object of study the Program “saberes Indígenas na Escola: Possibilidades e limites na construção de uma formação docente para um ensino diferenciado, intercultural e bilíngue” (Indigenous knowledge at school: Possibilities and limits in the construction of teacher education for a differentiated, intercultural and bilingual education). The main purpose of this study is to evaluate how the Indigenous Knowledge Program in school has been developed in the context of indigenous school education in the municipality of Lábrea -Amazonas from 2018 to 2019. Although we are guided, since we were born with a non-formal education, the school context must be linked to our reality, and so we have an interpretation and meaning in the act of learning. In this sense, this research will be based on the context of the theoretical framework in line with the methodological process of content analysis and finalized with bibliographic and field research, using observation and interview as instruments. We consider that this research may be pertinent, as it talks about reflections necessary to the approaches of considerable elements to the educational process of the indigenous peoples. Indigenous knowledge and values inserted in schools in indigenous education must be understood in a reflexive and necessary way to support transformative paths in the schooling processes. To guide the research, we approached authors such as Grupioni, Baniwa, Brazil, Candau, Munduruku and others. By reading these authors, we subsidized the contributions that emerged in the interview applied to indigenous teachers in the Marahã area to understand the anxieties and difficulties they face. We also sought to identify the ideologies of teachers' conceptual thoughts and what impact these contexts have on the formation of the teaching and learning process. It characterized the process of school education and training from the perspective of Karl Marx Theory, an essential premise for the total basis of the premises that ideologically alienate the thinking and performance of PSIE course teachers. This synthesis defends the understanding of the reality of man as a reflection of the lived historical conditions, in which the conditioned ideas of the systems are produced as a natural awareness of the real life process of Brazilian citizens. Therefore, the formation of indigenous teachers must be linked to the essence of a differentiated, intercultural and bilingual education, in order to revitalize or resignify the identity of traditional peoples. Empowering pedagogical support and understanding of the specific curriculum and according to the real needs of each people. Keywords: Public Policies. Indigenous school education; Teacher Training; Southern Amazon.
Palavras-chave: Professores - Formação
Índios - Educação
Escolas indígenas - Amazonas (Estado)
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS HUMANAS
???metadata.dc.subject.user???: Políticas pública
Educação escolar indígena
Formação Docente, Sul do Amazonas
Idioma: por
País: Brasil
???metadata.dc.description.embargo???: 13/03/2020
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Instituto de Educação, Agricultura e Ambiente - Humaitá
Programa: Programa de Pós-graduação em Ensino de Ciências e Humanidades
Citação: MONTEIRO, Alcioni da Silva. Programa Saberes Indígenas na Escola: avaliação de possibilidades e limites na construção de uma formação docente para um ensino diferenciado, intercultural e bilíngue, Lábrea-AM. 2019. 143 f. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciências e Humanidades) - Universidade Federal do Amazonas, Humaitá, 2019.
Tipo de acesso: Acesso Embargado
URI: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7566
Data de defesa: 26-Nov-2019
Appears in Collections:Mestrado em Ensino de Ciências e Humanidades

Files in This Item:
File Description SizeFormat 


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.