???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7730
Tipo do documento: Dissertação
Título: A representação social dos acadêmicos de pedagogia do IEAA-UFAM acerca da questão indígena
Autor: Ramos, Kellyane Lisboa 
Primeiro orientador: Nogueira, Eulina Maria Leite
Primeiro membro da banca: França, Rosângela de Fátima Cavalcante
Segundo membro da banca: Alves, Maria Isabel Alonso
Resumo: Historicamente a questão indígena esteve interligada a projetos coloniais que utilizando, da fé cristã e educação, contribuíram para o genocídio, subalternização, exclusão e discriminação da cultura indígena em todos os seus aspectos. Diante do colonialismo e colonialidade implementadas, construiu-se representações negativas e estereotipadas sobre os povos primeiros, que permeia até os dias atuais. Assim, a partir desse pressuposto, a referente pesquisa realizada no período de 2018-2019 teve por base a seguinte questão problematizadora: O curso de formação de professores (Pedagogia) possibilita aos acadêmicos a aquisição de conhecimentos acadêmicos e científicos suficientes sobre a questão indígena, que possam prepará-los para o exercício da profissão docente? Para responder esta inquietação construiu-se o seguinte objetivo geral: Analisar a contribuição acadêmica-científica do Curso de Pedagogia do IEAA-UFAM quanto à questão indígena e ao preparo dos futuros docentes para o exercício da profissão docente. Como aporte teórico-metodológico, utilizou-se a teoria da representação social, com abordagem crítica dialética, realizando-se pesquisas bibliográfica, documental e de campo. Os instrumentos de coleta de dados utilizados foram: a entrevista semiestruturada e a aplicação do teste de evocação que faz parte da técnica de associação livre de palavras (TALP). Participaram da pesquisa de campo 14 acadêmicos de Pedagogia do IEAA-UFAM, campus Humaitá-AM, que tinham concluído pelo menos 80% do curso. Com relação à averiguação da questão indígena no curso de Pedagogia, a análise do PPC do curso revelou que o atual projeto curricular não tem se demonstrado favorável tanto à questão indígena como à diversidade cultural. No que concerne à aplicação da entrevista e teste de evocação, a representação dos acadêmicos está pautada em três dimensões sobre o indígena: caracterização ou estereótipo indígena, cultura e escola. Pode-se afirmar que o núcleo central da representação dos participantes está atrelado ainda a uma visão estigmatizada e estereotipada do indígena, porém, em virtude do ensino e do contato com disciplinas de cultura indígena na universidade, isso vêm se modificando aos poucos. Entende-se, portanto, que, para contribuir com a construção de uma representação positiva sobre as populações indígenas, é necessário que o PPC do curso de Pedagogia passe por uma reformulação, implementando disciplinas sobre diversidade cultural como componentes obrigatórios à formação docente, o que implica em um currículo crítico, pós-crítico e intercultural, que propicie a formação emancipada dos professores em relação às diversas culturas.
Abstract: Historically, the indigenous question has been linked to colonial projects that, using Christian faith and education, contributed to genocide, subordination, exclusion and discrimination of indigenous culture in all its aspects. Faced with the implemented colonialism and coloniality, negative and stereotyped representations were built about the first peoples, whichpermeates to the present day. Thus, based on this assumption, the related research carried out in the 2018- 2019 period was based on the following problematic question: The teacher training course (Pedagogy) allows academics to acquire sufficient academic and scientific knowledge on the indigenous issue, that can prepare them for the exercise of the teaching profession? To answer this concern, the following general objective was constructed: To analyze the academicscientific contribution of the Pedagogy Course at IEAA-UFAM regarding the indigenous issue and the preparation of future teachers for the exercise of the teaching profession. As a theoretical-methodological contribution, the theory of social representation was used, with a critical dialectical approach, conducting bibliographic, documentary and field research. The data collection instruments used were: the semi-structured interview and the application of the evocation test, which is part of the technique of free word association (TALP). 14 Pedagogy students from IEAA-UFAM, Humaitá-AM campus, participated in the field research, who had completed at least 80% of the course. Regarding the investigation of the indigenous issue in the Pedagogy course, the analysis of the course's PPC revealed that the current curricular project has not shown itself to be favorable to both the indigenous issue and cultural diversity. Regarding the application of the interview and evocation test, the representation of the students is based on three dimensions about the indigenous: indigenous characterization or stereotype, culture and school. It can be said that the central nucleus of the participants' representation is still linked to a stigmatized and stereotyped view of the indigenous people, however, due to the teaching and contact with indigenous culture subjects at the university, this has been changing little by little. Therefore, it is understood that, in order to contribute to the construction of a positive representation about indigenous populations, it is necessary that the PPC of the Pedagogy course undergoes a reformulation, implementing disciplines on cultural diversity as mandatory components for teacher training, which it implies a critical, post-critical and intercultural curriculum, which enables the emancipated training of teachers in relation to different cultures.
Palavras-chave: Teoria da representação social
Pedagogia - Estudo e Ensino
Educação indígena
Formação profissional - Docentes
Formação docente - Currículo
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS HUMANAS
???metadata.dc.subject.user???: Teoria da representação social
Formação docente
Currículo
Questão Indígena
Pedagogia
Idioma: por
País: Brasil
???metadata.dc.description.embargo???: A partir de 07/04/2020
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Instituto de Educação, Agricultura e Ambiente - Humaitá
Programa: Programa de Pós-graduação em Ensino de Ciências e Humanidades
Citação: RAMOS, Kellyane Lisboa. A representação social dos acadêmicos de pedagogia do IEAA-UFAM acerca da questão indígena. 2019. 255 f. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciências e Humanidades) - Universidade Federal do Amazonas, Humaitá-AM, 2019.
Tipo de acesso: Acesso Embargado
URI: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7730
Data de defesa: 27-Jan-2020
Appears in Collections:Mestrado em Ensino de Ciências e Humanidades

Files in This Item:
File Description SizeFormat 


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.