Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/3201
Tipo do documento: Dissertação
Título: A educação juvenil sob a perspectiva da ética trágica
Autor: Pinto, Matheus Gondim de Freitas 
Primeiro orientador: Brito, Luiz Carlos Cerquinho de
Resumo: Este é um estudo sobre a contribuição do pensamento trágico proposto por Nietzsche à ética e à identificação e relação do mesmo com o processo de formação que envolve o jovem enquanto categoria social. Trata-se de uma tentativa de evidenciar aspectos trágicos na juventude de modo a propiciar uma via de compreensão das características que lhes são marcantes. Idéias que em geral compõe este universo tais como heteronomia/autonomia, rebeldia, niilismo, afirmação, vontade, tendências, inovação, vitalidade, etc, encontram, a partir do prisma nietzscheano, uma re-significação que visa abranger a discussão e a reflexão a seu respeito. Para o jovem, o campo de possibilidades que a realidade apresenta é um convite à festa, à vivência, à experiência, como algo sempre novo e pronto para ser explorado e reconstruído, e é daí que emerge a necessidade de discutir a questão de uma formação ética, ou seja, pensar e discutir os rumos dessa demanda de expectativa dos jovens em relação ao mundo. Neste texto chamamos esta expectativa juvenil de vontade e, fazendo um paralelo com a perspectiva trágica nietzscheana, buscamos saber até onde esta vontade conduz à superação enquanto ser e até onde ela o conduz à sua própria destruição. Para isso, no decorrer de quatro capítulos, foi feito um recorte da realidade através de um quadro de abordagens relevantes à questão dos jovens; uma abordagem sobre a história da ética a partir do pensamento ocidental e, por ultimo, apresentamos elementos que constituem o pensamento trágico como uma tentativa de se pensar uma ética a seu modo e que obtenha um diálogo fluente com o universo juvenil propondo, da mesma forma como desejou Nietzsche no séc XIX, uma análise dessa determinada categoria e seu potencial criativo de cultura, regras, tendências face ao seu igual potencial auto-destrutivo e destruidor. Assim, da relação com o Real que abriga a multiplicidade, a incerteza, e o caos no qual os jovens fazem parte, urge uma via de percepção sensível não aos valores que recaem sobre os jovens, sejam eles valores depreciativos ou positivos, mas ao potencial criativo pelo qual afirmam a sua existência fazendo-a coincidir diretamente com a vida. Palavras-chave: ética, esté
Abstract: This is a study on the contribution of the tragic thought considered by Nietzsche to the ethics and the identification and relation of exactly with the formation process that involves the young while social category. One is about an attempt to evidence tragic aspects in youth in order to propitiate a way of understanding of the characteristics that them are notable. Ideas that in general this universe composes such as heteronomy/autonomy, revolt, niilism, affirmation, will, trends, innovation, vitality, etc, find, from the Nietzsche´s prism, a re-signification that it aims at to enclose the quarrel and the reflection its respect. For the young, the field of possibilities that the reality presents is an invitation to the party, the experience, the experience, as something new and always ready to be explored and to be reconstructed, and is from there that the necessity emerges to argue the question of an ethical formation, or either, to think and to argue the routes of this demand of expectation of the young in relation the world. In this text we call this youthful expectation will and, making a parallel with the Nietzsche´s tragic perspective, we search to know until where this will leads to the overcoming while to be and until where it leads it to its self destruction. For this, during three chapters, a boarding on the history of the ethics from the thought was made occidental person, after that one cuts of the reality through a picture of excellent boardings to the question of the young and, for finish, we present elements that constitute the tragic thought as an attempt of if thinking ethics its way and that it gets a easy dialogue with the youthful universe considering, in the same way as it desired Nietzsche in sec XIX, an analysis of this determined category and its creative potential of culture, rules, trends face the its equal auto-destructive potential and annihilator. Thus, of the relation with the Real that the multiplicity, the uncertainty shelters, and the chaos in which the young is part, urges a way of sensible perception to the values that fall again on the young, is not they contemptuous or positive values, but to the creative potential for which they affirm their existence making to coincide directly their own life.
Palavras-chave: Ética
Estética
Processo de Formação
jovem
Ethical
Esthetic
Process of Formation
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS HUMANAS: EDUCAÇÃO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Faculdade de Educação
Programa: Programa de Pós-Graduação em Educação
Citação: PINTO, Matheus Gondim de Freitas. A educação juvenil sob a perspectiva da ética trágica. 2007. 181 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2007.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/3201
Data de defesa: 20-Jun-2007
Aparece nas coleções:Mestrado em Educação

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertacao Final Matheus.pdf695,74 kBAdobe PDFThumbnail

Baixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.