???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/6439
Tipo do documento: Dissertação
Título: Atendimento educacional especializado: organização e funcionamento das salas de recursos multifuncionais aos educandos com autismo na rede municipal de Manaus
Título(s) alternativo(s): Specialized educational assistance: organization and operation of multifunctional resource rooms for students with autism in the municipal network of Manaus
Autor: Sadim, Geyse Pattrizzia Teixeira 
Primeiro orientador: Santos, João Otacílio Libardoni dos
Primeiro membro da banca: Schmidt, Carlo
Segundo membro da banca: Matos, Maria Almerinda de Souza
Terceiro membro da banca: Santos, João Otacílio Libardoni dos
Resumo: A inclusão escolar dos alunos com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades/superdotação, público alvo da Educação Especial, vem sendo assegurados pelos instrumentos legais (BRASIL, 1988; BRASIL, 2008; BRASIL, 2009; BRASIL, 2011a; BRASIL, 2015a) que orientam os sistemas de ensino para garantir a oferta do Atendimento Educacional Especializado (AEE). No entanto, as estratégias normativas, por si, parecem não ter possibilitado a experiência entre alunos com e sem deficiência na escola pública, e nem mesmo garantido a inclusão. Desse modo, objetivou-se caracterizar a organização e funcionamento do Atendimento Educacional Especializado, realizado nas Salas de Recursos Multifuncionais, visando o atendimento dos educandos com Autismo na Rede Municipal de Manaus. Delineado pela abordagem qualitativa de caráter descritivo, a pesquisa foi norteada pelo método dialético. Como lócus da coleta de dados, foram escolhidas cinco escolas da Rede Municipal de Manaus que possuem Salas de Recursos Multifuncionais. Para a coleta de dados foram utilizados roteiros de entrevistas semiestruturadas aplicados aos professores participantes. Para análise das entrevistas, foi utilizada a análise de conteúdo (BARDIN, 1977). Os resultados e as discussões dos dados foram organizados de acordo com as Categorias de Análise definidas, os quais foram: Encaminhamento; Atividades Desenvolvidas; Perfil dos Docentes que atuam no AEE; Parcerias. Constatou-se que para efetivar o encaminhamento ao AEE, a solicitação de laudo clínico ainda é presente, havendo uma contradição entre a legislação nacional e municipal. Quanto às atividades desenvolvidas, um dos maiores problemas do AEE é a frequência e, consequentemente, a desistência dos alunos. Também foi retratada a falta de manutenção e atualização dos materiais recebidos. No que tange ao perfil dos docentes que atuam no AEE, apesar da oferta de formação aos professores estarem previstas nos textos legais, dos cinco professores pesquisados, dois professores não tem formação específica para atuar nas SRMs, apenas um finalizou o curso específico de AEE e dois professores estão cursando. No que se referem às parcerias, ficou evidenciado as dificuldades em manter a Articulação pedagógica com os professores das Salas Comuns. Os professores das classes comuns também reafirmam essa lacuna na parceria. Acerca do envolvimento das famílias, de acordo com os professores, a maioria dos pais é participativa. Porém, alguns poucos não estabelecem relações. Assim, os elementos problematizados neste estudo explicitaram a compreensão de que o processo de inclusão, através do Atendimento Educacional Especializado, perpassa pela organização e funcionamento das Salas de Recursos Multifuncionais.
Abstract: The school inclusion of students with disabilities, global developmental disorders and high skills / giftedness, target audience of Special Education, is being ensured by the legal instruments (BRASIL, 1988; BRASIL, 2008; BRASIL, 2009a; BRAZIL, 2015a ) that guide education systems to ensure the provision of Specialized Educational Assistance (AEE). However, normative strategies alone do not seem to have enabled the experience of students with or without disabilities in the public school, nor even guaranteed inclusion. In this way, the objective was to characterize the organization and operation of the Specialized Educational Attendance, carried out in the Multifunctional Resource Rooms, aiming the attendance of students with Autism in the Municipal Network of Manaus. Delineated by the qualitative approach of a descriptive character, the research was guided by the dialectical method. As a locus of data collection, five schools of the Municipal Network of Manaus that have Multifunctional Resource Rooms were chosen. For the collection of data, semi-structured interview scripts were applied to the participating teachers. To analyze the interviews, the content analysis was used (BARDIN, 1977). The results and discussions of the data were organized according to the Categories of Analysis defined, which were: Forwarding; Developed activities; Profile of the teachers who work in the ESA; Partnerships. It was verified that to carry out the referral to the ESA, the request for a clinical report is still present, and there is a contradiction between national and municipal legislation. As for the activities developed, one of the major problems of ESA is the frequency and, consequently, the students' withdrawal. The lack of maintenance and updating of the materials received was also described. Regarding the profile of the teachers who work in the ESA, despite the provision of training to teachers are provided in the legal texts, of the five teachers surveyed, two teachers do not have specific training to work in the SRMs, only one finalized the specific course of ESA and two teachers are studying With regard to partnerships, it was evident the difficulties in maintaining the pedagogical articulation with the teachers of the Common Rooms. Common classroom teachers also reaffirm this gap in partnership. Concerning the involvement of families, according to teachers, most parents are participative. However, a few do not establish relationships. Thus, the elements discussed in this study made explicit the understanding that the process of inclusion, through the Specialized Educational Attendance, perpasses the organization and operation of the Multifunctional Resource Rooms.
Palavras-chave: Atendimento Educacional Especializado
Salas de Recursos Multifuncionais
Autismo
Educação Inclusiva
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS HUMANAS: EDUCAÇÃO: TÓPICOS ESPECÍFICOS DE EDUCAÇÃO: EDUCAÇÃO ESPECIAL
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Faculdade de Educação
Programa: Programa de Pós-graduação em Educação
Citação: SADIM, Geyse Pattrizzia Teixeira. Atendimento educacional especializado: organização e funcionamento das salas de recursos multifuncionais aos educandos com autismo na rede municipal de Manaus. 2018. 102 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Embargado
URI: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/6439
Data de defesa: 18-May-2018
Appears in Collections:Mestrado em Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.