???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/6515
Tipo do documento: Dissertação
Título: Os significados construídos pelas crianças da educação infantil ribeirinha de Manaus.
Autor: Oliveira, Ana Paula Lima Carvalho de 
Primeiro orientador: Silva, Iolete Ribeiro da
Primeiro membro da banca: Silva, Iolete Ribeiro da
Segundo membro da banca: Martins, Ana Cristina Fernandes
Terceiro membro da banca: Lummertz, Jussará Gonçalves
Resumo: Esta pesquisa intitulada Os significados construídos pelas crianças da educação infantil ribeirinha de Manaus teve por objetivo principal compreender os significados construídos pelas crianças pequenas nos processos educativos que caracterizam suas experiências na educação infantil de uma escola pública municipal ribeirinha de Manaus. Para o alcance desse objetivo foi necessário conhecer o contexto sociocultural da comunidade onde as crianças pequenas vivem, identificar as experiências escolares oportunizadas a elas na escola ribeirinha, e investigar os instrumentos que permeiam o universo das crianças em relação as suas experiências escolares. A metodologia, de abordagem qualitativa, se constituiu em análise documental, observação participante e entrevista semiestruturada com as crianças pequenas da educação infantil. A escola onde a pesquisa foi realizada é localizada na Comunidade Nova Esperança, Igarapé do Tiú, Rio Tarumã Açú, na zona rural ribeirinha de Manaus, e é o local onde a vida coletiva favorece as interações das crianças em grupo e em atividade sob a orientação do professor, sendo um ambiente que recebe influências das condições socioculturais constantemente. Uma vez compreendido que essas situações contribuem para o seu processo de aprendizagem e desenvolvimento, é possível atribuir significados no seu espaço na escola e ressignificações da interação no processo educativo. A Teoria Histórico-Cultural, fundamentação teórica desta pesquisa, nos traz a compreensão do processo de desenvolvimento humano sob as condições de vida e educação do indivíduo, e não como resultado apenas dos fatores biológicos. Com essa visão, essa teoria busca a emancipação do sujeito, por meio da educação desenvolvente, onda cada indivíduo é protagonista do seu processo de aprendizagem e desenvolvimento. Para Vigotski, o conhecimento se dá numa relação dialética entre o sujeito mediada por signos e instrumentos. Os signos são construídos socialmente pela cultura e orientados internamente. Já os instrumentos servem como via condutora da influência humana sobre o objeto da atividade. Ao apropriar-se dos signos, a criança expressa sua linguagem e organiza seus pensamentos. Sendo assim, de acordo com os resultados desta pesquisa, para a educação infantil ribeirinha, considerar que cada criança tem um contexto na zona rural ribeirinha, é compreender que as infâncias são compostas por experiências diferentes e demandam outras experiências geradas a partir das dinâmicas culturais específicas. Dentro da Teoria Histórico-Cultural isso quer dizer que é impossível pensar numa descrição generalizada nas formas de educar. O universo infantil na escola e as relações sociais que envolvem as crianças pequenas na área ribeirinha – região amazônica – podem ser considerados um demonstrativo para se constituir em tema para novas investigações científicas.
Abstract: This research entitled The meanings constructed by the children of the riverside children's education in Manaus had as main objective to understand the meanings constructed by the small children in the educational processes that characterize their experiences in the infantile education of a municipal public school riverside of Manaus. In order to reach this goal, it was necessary to know the socio-cultural context of the community where young children live, to identify the school experiences offered to them in the riverside school, and to investigate the instruments that permeate the universe of children in relation to their school experiences. The methodology, with a qualitative approach, consisted of documental analysis, participant observation and semi-structured interview with the small children of the children's education. The school where the research was carried out is located in the Nova Esperança Community, Igarapé do Tiú, Tarumã Açú River, in the ribeirinha area of Manaus, and is the place where collective life favors the interactions of the children in group and activity under the guidance of the teacher, being an environment that receives influences from sociocultural conditions constantly. Once understood that these situations contribute to their learning and development process, it is possible to attribute meanings in their space in the school and re-significances of the interaction in the educational process. The historicalcultural theory, the theoretical foundation of this research, brings us the understanding of the process of human development under the conditions of life and education of the individual, and not as a result only of biological factors. With this vision, this theory seeks the emancipation of the subject, through developmental education, wave each individual is protagonist of his learning and development process. For Vygotsky, knowledge occurs in a dialectical relationship between the subject mediated by signs and instruments. Signs are socially constructed by culture and internally oriented. The instruments serve as the guiding way of human influence on the object of the activity. By appropriating signs, the child expresses his language and organizes his thoughts. Therefore, according to the results of this research, for children in riverside education, considering that each child has a context in the rural riverside area, is to understand that children are composed of different experiences and demand other experiences generated from the specific cultural dynamics . Within historical-cultural theory this means that it is impossible to think of a generalized description of the ways of educating. The children's universe at school and the social relations involving small children in the riverside area - the Amazon region - can be considered as a demonstration to become a subject for new scientific investigations.
Palavras-chave: Educação Infantil
Criança ribeirinha
Teoria Histórico-Cultural
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS HUMANAS: EDUCAÇÃO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Faculdade de Educação
Programa: Programa de Pós-graduação em Educação
Citação: OLIVEIRA, Ana Paula Lima Carvalho de. Os significados construídos pelas crianças da educação infantil ribeirinha de Manaus. 2018. 116 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/
URI: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/6515
Data de defesa: 5-Jul-2018
Appears in Collections:Mestrado em Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação_AnaPaula de Oliveira.pdfDocumento principal2,35 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons