???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/6870
Tipo do documento: Dissertação
Título: Estudo do desempenho do resíduo de vidro moído como material cimentício suplementar para aplicação em concreto autoadensável de alto desempenho
Título(s) alternativo(s): Study of the performance of ground glass residue as a supplementary cementitious material for application in high performance self-compacting concrete
Autor: Higuchi, Adma Magni Darwich 
Primeiro orientador: Vasconcelos, Raimundo Pereira de
Primeiro membro da banca: Melo Filho, João de Almeida
Segundo membro da banca: Barros, Laerte Melo
Resumo: No Polo Industrial de Manaus há grande produção de resíduo proveniente do corte e lapidação de placas de vidro plano. Uma alternativa para a diminuição do impacto ambiental gerado pelo descarte do resíduo de vidro e pelas emissões de CO2 geradas durante a manufatura do cimento é a sua incorporação no concreto como material cimentício suplementar. Neste trabalho, foi analisado o efeito de diferentes teores de resíduo de vidro moído (RVM), como substituição parcial do cimento, na produção de concreto autoadensável de alto desempenho (CAAD). Foi realizado a moagem do resíduo. Em seguida, foi caracterizado química e fisicamente e estudado na pasta cimentícia, na argamassa e no concreto. Nas pastas, avaliou-se o teor de hidróxido de cálcio aos 28 dias de cura por meio de análises térmicas. Nas argamassas, realizou-se um estudo de eficiência de misturas com 5%, 10%, 15%, 20% e 25% de RVM em substituição parcial ao cimento. Também foi determinada a capacidade de mitigação das expansões provocadas pelas reações álcalis-sílica (RAS) com teores de 10%, 15% e 20% de RVM. Utilizando-se a metodologia de dosagem Le et al. (2015) adaptada, foi possível produzir CAAD. No estado fluido foram realizados testes de resistência à segregação, fluidez, preenchimento, viscosidade e habilidade passante. No estado endurecido, foram conduzidos testes de resistência à tração por compressão diametral, resistência à compressão axial e absorção de água por imersão. Ficou evidenciado que, no estado fluido, todos os concretos desenvolvidos apresentaram espalhamento compatível com concretos autoadensáveis, sem evidência de segregação, podendo ser considerados adequados para a maioria das aplicações estruturais. No estado endurecido, dentre os teores estudados, concretos e argamassas contendo 15% de RVM apresentaram desempenho mecânico superior aos demais a partir dos 28 dias de cura submersa, tanto na compressão quanto na tração. Todos os concretos estudados apresentaram índice de desempenho superior a 75% a partir de 7 dias, o que classifica o RVM como um material pozolânico, de acordo com a ASTM C 618 e a EN 450-1. As argamassas estudadas também apresentaram comportamento semelhante, com exceção daquelas contendo 25% de RVM. Já em relação à durabilidade, conforme o aumento de teor de RVM em substituição ao cimento, observou-se diminuição das expansões provenientes das RAS, da absorção de água e índices de vazios. A substituição parcial do cimento por RVM pode ser uma alternativa de baixo impacto ambiental e economicamente viável na produção de CAAD.
Abstract: In the Industrial Pole of Manaus there is great production of residue from the cutting and lapidation of flat glass plates. An alternative to reducing the environmental impact generated by the disposal of glass residue and CO2 emissions generated during the manufacture of cement is its incorporation in concrete as supplementary cementitious material. In this work, the study of the effect of different contents of ground glass residue (GGR) as partial replacement of cement for the production of high performance self-compacting concrete (HPSCC) was carried out. In doing so, was carried out a study of grinding of this residue, which was then chemically and physically characterized and studied in cement pastes, mortar and concrete. In pastes, the calcium hydroxide content was evaluated at 28 days of cure by thermal analyzes. In mortars, an efficiency study was performed in mixtures with 5%, 10%, 15%, 20% and 25% of GGR in partial replacement of cement. It was also determined the ability to mitigate the expansions caused by alkali-silica reaction (ASR) in mixtures with contents of 10%, 15% and 20% of GGR. Using the mix design proposed by Le et al. (2015), it was possible to produce HPSCC. In plastic state, tests of segregation resistance, fluidity, fill, viscosity and passing ability were performed. In hardened state, diametral compressive tensile strength, axial compressive strength and water absorption by immersion were performed. In plastic state, all concretes showed scattering compatible with self-compacting concretes, without evidence of segregation and could be considered suitable for most structural applications. In hardened state, among the studied contents, concretes and mortars containing 15% RVM presented mechanical performance superior to others after 28 days of submerged curing, both in compressive and tensile strength. All the concretes studied showed an activity index higher than 75% at 7 days, which classifies the GGR as a pozzolanic material according to ASTM C 618 and EN 450-1. The mortars studied also presented similar behavior, except for those containing 25% GGR. When it comes to durability, expansions, water absorption and void contents decreased as GGR content increased in substitution of cement. The partial replacement of the cement by GGR can be an alternative of low environmental impact and economically viable in the production of HPSCC.
Palavras-chave: Impacto ambiental
Polo Industrial de Manaus
Vidro moído
Substituição parcial
Área(s) do CNPq: ENGENHARIAS: ENGENHARIA CIVIL: CONSTRUÇÃO CIVIL: MATERIAIS E COMPONENTES DE CONSTRUÇÃO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Faculdade de Tecnologia
Programa: Programa de Pós-graduação em Engenharia Civil
Citação: HIGUCHI, Adma Magni Darwich. Estudo do desempenho do resíduo de vidro moído como material cimentício suplementar para aplicação em concreto autoadensável de alto desempenho. 2018. 148 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil,) - Faculdade de Tecnologia, Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/6870
Data de defesa: 1-Nov-2018
Appears in Collections:Mestrado em Engenharia Civil

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação_AdamaHiguchi_PPGEC.pdf3,63 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons