???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7345
Tipo do documento: Dissertação
Título: Perdas pós-colheita em bananas produzidas em Rio Preto da Eva, Amazonas
Autor: Souza, Érica Inês Almeida de 
Primeiro orientador: Pereira, Henrique dos Santos
Primeiro coorientador: Sousa, Aline Ellen Duarte de
Primeiro membro da banca: Costa Neto, Pedro de Queiroz
Segundo membro da banca: Lopes, Maria Teresa Gomes
Resumo: O objetivo deste estudo foi avaliar as perdas pós-colheita em bananas produzidas em Rio Preto da Eva. Este trabalho foi realizado na comunidade José Lindoso, localizada na Rodovia Estadual AM-010, Km 105, ao longo da vicinal ZF-9, no Distrito Agropecuário da SUFRAMA. A partir de uma amostra composta pelos bananicultores registrados na Associação de Produtores da Comunidade José Lindoso, foram coletados os dados utilizando as técnicas de entrevista estruturada e observação assistemática. Nas entrevistas foram coletadas informações sobre o produtor, núcleo familiar e mão-de-obra, e acerca da propriedade e do manejo empregado no cultivo de bananeiras. Para as observações, realizou-se o acompanhamento dos procedimentos de colheita e pós-colheita. Os dados coletados foram analisados por meio de Estatística Descritiva e Regressão Linear Múltipla. A maioria dos participantes deste estudo foram homens, e a metade era acima de 60 anos de idade. A maior parte dos produtores eram naturais do Amazonas, possuindo baixo nível de escolaridade e estavam a mais de 30 anos trabalhando com agricultura. A maioria das famílias eram formadas por até duas pessoas e a principal força de trabalho era da mão de obra familiar. A maior parte das propriedades apresentavam 25 hectares, ocupadas com área de floresta, capoeiras e agricultura. As principais atividades produtivas entre as propriedades, além da agricultura, era a criação de pequenos animais e extrativismo vegetal. A área destinada ao cultivo de bananeiras variou entre 0,5 e 4 hectares, com a presença predominante do cultivar ‘Thap Maeo’. O estudo evidenciou que as práticas de manejo utilizadas na condução do bananal têm interferido na qualidade das bananas produzidas. Registrou-se a incidência de danos fisiológicos, mecânicos e biológicos, responsáveis por perdas quantitativas e qualitativas nas propriedades. Houve evidência estatística de que o tamanho da propriedade, o tamanho do bananal, o tamanho da família, a idade do cultivo, a assistência técnica e a capacitação técnica foram os principais determinantes das perdas pós-colheita nas propriedades investigadas. Nas condições de realização deste trabalho, os produtores com cultivos mais antigos tendem a apresentar maiores perdas, assim como os produtores que receberam serviços de Assistência Técnica e Extensão Rural, devido a maior produção nestes cultivos e a dificuldade na comercialização da produção.
Abstract: The objective of this study was to evaluate the postharvest losses in bananas produced in Rio Preto da Eva. This work was carried out in the José Lindoso community, located at AM-010 State Highway, Km 105, along the vicinal ZF-9, in Distrito Agricultural of SUFRAMA. From a sample composed by banana growers registered at the José Lindoso Community Producers Association, data were collected using structured interview techniques and asymmetric observation. In the interviews, information was collected about the producer, family nucleus and labor, and about the property and management employed in banana cultivation. For the observations, the harvesting and postharvest procedures were followed up. The collected data were analyzed using Descriptive Statistics and Multiple Linear Regression. Most of the participants in this study were men, and half were over 60 years old. Most of the producers were native to the Amazon, had a low level of education and had been working with agriculture for over 30 years. Most families comprised up to two people and the main workforce was family labor. Most of the properties had 25 hectares, occupied with forest area, capoeiras and agriculture. The main productive activities among the properties, besides agriculture, was the creation of small animals and plant extraction. The area intended for banana cultivation ranged from 0.5 to 4 hectares, with the predominant presence of the cultivar 'Thap Maeo'. The study evidenced that the management practices used in the conduction of the banana have interfered in the quality of the produced bananas. The incidence of physiological, mechanical and biological damages, responsible for quantitative and qualitative losses in the properties was recorded. There was statistical evidence that farm size, banana size, family size, crop age, technical assistance and technical training were the main determinants of postharvest losses in the investigated properties. Under the conditions of this work, producers with older crops tend to show higher losses, as well as producers who received Technical Assistance and Rural Extension services, due to the higher production in these crops and the difficulty in marketing the production.
Palavras-chave: Agricultura - Rio Preto da Eva (AM)
Banana
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS AGRARIAS: AGRONOMIA
???metadata.dc.subject.user???: Cadeia agroalimentar
Desperdício de alimentos
Musa spp.
Produtores rurais
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Faculdade de Ciências Agrárias
Programa: Programa de Pós-graduação em Agronomia Tropical
Citação: SOUZA, Érica Inês Almeida de. Perdas pós-colheita em bananas produzidas em Rio Preto da Eva, Amazonas. 2019. 109 f. Dissertação (Mestrado em Agronomia Tropical) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2019.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0/
URI: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7345
Data de defesa: 31-Jul-2019
Appears in Collections:Mestrado em Agronomia Tropical

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação_ÉricaSouza_PPGAT.pdf4,55 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons